Logo | Dr. Luiz Carneiro CRM 22761

Cirurgia robótica em aparelho digestivo

A cirurgia robótica tem evoluído muito, tem ocupado um espaço muito importante. O Brasil é um dos principais países hoje em número de robôs, nós já temos mais de 70 robôs e tem uma previsão de mais, talvez, 20 robôs. De ter cirurgia robótica em mais 20 hospitais. Por todo esse Brasil, então é uma realidade e cada vez mais nós cirurgiões estamos fazendo treinamento para realizar essa cirurgia.

Qual é a melhor indicação?

Nós já realizamos de rotina há muitos anos e temos sempre uma preocupação de fazer a indicação correta. E qual seria essa indicação correta? Qual é a melhor indicação?

Hérnia de hiato

Uma indicação que ninguém tem dúvida é nas cirurgias da transição esofagogástrica, a hérnia de hiato.

A cirurgia da hérnia de hiato é uma indicação muito grande, a doença do refluxo gastroesofágico é uma cirurgia que é muito beneficiada pela cirurgia robótica, facilita muito a confecção da válvula da dissecção e da reconstrução para dar os pontos internos.

Gastrectomia

Outra cirurgia que também ganha muito espaço é a gastrectomia. Fazer a cirurgia de gastrectomia, tirar o estômago hoje é muito facilitado com a cirurgia robótica e é outra indicação que não se tem mais dúvida de que é muito superior a cirurgia laparoscópica.

Bariátrica

E nessa região entre estômago e esôfago, a cirurgia da obesidade também tem ocupado um espaço enorme, muitos grupos hoje com grande experiência na cirurgia robótica para a cirurgia de redução de peso, a cirurgia bariátrica.

Então nessa região superior essa é a grande indicação.

Fígado

O fígado é uma região em que nós estamos começando a fazer cirurgia robótica, as indicações são ainda mais incipientes e isso é mais iniciais, nós temos indicações precisas por uma cirurgia de menor porte, estão começando a surgir as cirurgias de grande porte, as hepatectomia direita e esquerda por robótica, mas ainda estamos em fase de selecionar para aquele doente, para aquele tipo físico em que a cirurgia robótica tem uma grande vantagem, porque a cirurgia laparoscópica oferece excelente resultado e essa substituição tem que ser feita com muita garantia, com muita segurança para oferecer o melhor ao doente já que as duas vias de acesso são bastante seguras.

Temos que ganhar espaço e não existiam materiais, pinças adequadas para cirurgia robótica avançada em fígado e que agora estão surgindo. Então do fígado seriam ressecções hepáticas, as retiradas de parte de fígado seriam muito factíveis.

Esôfago

Para fazer a cirurgia de esôfago como puxar uma alça por uma anastomose biliodigestiva também é possível fazer com robótica mas aí vai depender caso a caso, da melhor indicação.

Pâncreas

Quanto ao pâncreas a cirurgia robótica tem ocupado um espaço terrível, porque no pâncreas, a pancreatectomia da cauda do pâncreas, é hoje o padrão ouro para a robótica. Então a indicação muito boa, a cirurgia se faz com maior segurança, pode-se tranquilamente indicar a cirurgia robótica nas pancreatectomia corpo-caudais.

Na duodenopancreatectomia houve um entusiasmo crescente, porque tem novos materiais e grupos hoje de cirurgia pancreática no exterior muito experiente, fazendo a cirurgia de ressecção da cabeça do pâncreas, duodenopancreatectomia, com uma eficiência muito grande e praticamente se abandonou a vídeo-laparoscopia. Então em pâncreas hoje a melhor indicação é a duodenopancreatectomia e que basicamente o acesso robótico é a melhor indicação quando se fala em cirurgia minimamente invasiva e tem uma grande vantagem, ocupando um grande espaço no corpo caudal do pâncreas também.

Cólon

As hemicolectomias, as cirurgias de cólon, do intestino grosso de cólon direito, de cólon esquerdo muitos médicos fazem com muita tranquilidade no robô, mas a cirurgia laparoscópica é muito padronizada e muito mais barata nessa situação, então para o cólon e para o sigmóide existem indicações precisas de alguma dificuldade a laparoscopia que poderia ser indicar o robô, mas, de maneira geral, se pode dizer que a robótica e a laparoscópica tem um resultado bastante semelhante sendo que os grandes grupos.

Hoje, tem uma experiência maior com a cirurgia laparoscópica, então para o cólon é preciso ver caso a caso qual seria a melhor indicação.

Reto

No reto, a cirurgia do reto médio e baixo, a robótica domina e é uma indicação muito precisa e muito boa quando se tem que fazer operações do reto médio e Reto baixo.

É uma cirurgia que tem crescido muito existem novas possibilidades porque se desenvolveram novos materiais cirúrgicos que aumentaram muito a segurança.

O Desenvolvimento da Cirurgia Robótica

Novos robôs, antigamente era muito difícil mudar o robô de posição, teria que se parar se retirar o robô e colocar do outro lado, atualmente já existe robô que o doente fica numa posição só durante toda a cirurgia e isso tem facilitado muito a cirurgia robótica.

Realmente estamos muito entusiasmados e achando que a cirurgia robótica vai crescer e sua grande limitação, no momento, ainda é que ela não é acessível por que num país desse tamanho 70-80 robôs em hospitais é muito pouco, mas é um início muito promissor e nós temos ampliado muito a nossa indicação da cirurgia robótica com segurança e resultado bastante animador.

O que achou do conteúdo de hoje? Deixe seu comentário!

Até a próxima!

Foto Links Úteis | Prof. Dr. Carneiro
Prof. Dr. Luiz Carneiro
Prof. Dr. Luiz Carneiro CRM: 22.761/SP, diretor do Serviço de Transplante e Cirurgia do Fígado do Hospital das Clínicas, professor da FMUSP e chefe do Departamento de Gastroenterologia da FMUSP.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Prof Dr. Luiz Carneiro CRM 22761
CONTATO
Atenção: O site https://profluizcarneiro.com.br/ é uma espaço de informação e orientação médica de qualidade, nunca poderá substituir a consulta de um profissional médico que é a única pessoa capaz de realizar o diagnóstico real.

© 2021 Prof. Dr. Luiz Carneiro. Todos os direitos reservados. Desenvolvido com ♥ em WordPress por SuryaMKT

magnifiercross