Logo | Dr. Luiz Carneiro CRM 22761
Home RobóticaContato

Cirurgia Robótica

A cirurgia robótica do aparelho digestivo é uma inovação que combina precisão robótica com tratamento de doenças digestivas, como câncer, doença do refluxo, obesidade e doença de Crohn. Saiba como ela melhora a precisão e a recuperação. Clique aqui e tire suas dúvidas!

robotica

A cirurgia robótica é uma evolução notável na medicina, combinando a habilidade humana com a precisão da tecnologia avançada. 

Ela tem transformado a maneira como abordamos procedimentos cirúrgicos, com

maior precisão e uma recuperação mais rápida para os pacientes. 

No contexto do aparelho digestivo, a cirurgia robótica tem desempenhado um papel fundamental no tratamento de diversas condições.

Neste artigo, vamos explorar a cirurgia robótica do aparelho digestivo, incluindo o que é, quando é indicada, como é realizada e como é a recuperação do paciente após o procedimento. Leia até o final e saiba mais!

O que é a cirurgia robótica?

A cirurgia robótica é uma técnica cirúrgica minimamente invasiva que utiliza um sistema robótico para auxiliar o cirurgião durante o procedimento. 

Este sistema é composto por um console de controle, onde o cirurgião opera os instrumentos cirúrgicos, e um robô que executa os movimentos com precisão.

A tecnologia robótica permite que o cirurgião realize movimentos precisos e controlados, replicando a habilidade da mão humana.

No entanto, nem todos os médicos podem realizar cirurgias robóticas. A capacidade de realizar cirurgias robóticas requer treinamento especializado e certificação. 

Os médicos que desejam utilizar a cirurgia robótica como parte de sua prática médica devem passar por um programa de treinamento intensivo para aprender a operar o sistema robótico de forma eficaz e segura.

Quando a realização de uma cirurgia robótica do aparelho digestivo é indicada?

A cirurgia robótica do aparelho digestivo é indicada para uma variedade de condições, incluindo:

  • Câncer digestivo: para a remoção de tumores no esôfago, estômago, intestino delgado, cólon e reto, a cirurgia robótica pode ser uma opção quando a intervenção cirúrgica é necessária.
  • Doença do refluxo gastroesofágico: em casos graves de refluxo gastroesofágico que não respondem ao tratamento médico, a cirurgia robótica pode ser usada para corrigir a anatomia do esfíncter esofágico inferior.
  • Obesidade: a cirurgia robótica também é utilizada para realizar cirurgias bariátricas, como a gastrectomia vertical, que ajuda no controle da obesidade e de suas complicações.
  • Doenças inflamatórias intestinais: em alguns casos de doença de Crohn e colite ulcerosa, a cirurgia robótica é usada para remover partes do intestino afetadas.

Como é realizada a cirurgia robótica no aparelho digestivo? 

Preparo pré-operatório

Antes da cirurgia robótica, o paciente é submetido a uma avaliação médica abrangente para determinar a adequação do procedimento. 

Procedimento cirúrgico

Durante a cirurgia robótica do aparelho digestivo, o cirurgião faz pequenas incisões no abdome do paciente para a inserção dos instrumentos robóticos. 

O robô é controlado pelo cirurgião a partir de um console de comando, que oferece uma visão tridimensional ampliada do campo cirúrgico. 

Os movimentos precisos dos instrumentos robóticos permitem a realização de procedimentos complexos com menor dano aos tecidos.

Recuperação pós-operatória

A recuperação após uma cirurgia robótica do aparelho digestivo geralmente é mais rápida em comparação com a cirurgia convencional. 

Os pacientes experimentam menos dor, menor perda de sangue e têm cicatrizes menores devido às pequenas incisões. O tempo de internação costuma ser reduzido, e a maioria dos pacientes pode retomar as atividades normais mais rapidamente.

O que é importante saber sobre a cirurgia robótica do aparelho digestivo?

A cirurgia robótica do aparelho digestivo representa uma evolução significativa na medicina, oferecendo uma abordagem menos invasiva e mais precisa para o tratamento de uma variedade de condições. 

A precisão dos instrumentos robóticos, a recuperação mais rápida e os resultados positivos para os pacientes destacam a importância dessa técnica inovadora. 

Com um cirurgião qualificado e experiente, a cirurgia robótica do aparelho digestivo continua a melhorar a qualidade de vida dos pacientes e a transformar a prática cirúrgica moderna. 

Gostou? Compartilhe!
dr Luiz Carneiro

Profº Dr.Luiz Carneiro

CRM: 22.761/SP

Diretor do Serviço de Transplante e Cirurgia do Fígado do Hospital das Clínicas, professor da FMUSP e chefe do Departamento de Gastroenterologia da FMUSP.

magnifiercrossmenuchevron-down