Logo | Dr. Luiz Carneiro CRM 22761

O que é Duodenopancreatectomia e tipos de cirurgia

O que é Duodenopancreatectomia

Duodenopancreatectomia é a retirada da cabeça do pâncreas, e para se retirar a cabeça do pâncreas, devemos retirar junto o duodeno.

Pode ser feito nos tumores de cabeça do pâncreas ou nos pacientes que, muito raramente, têm um tumor de duodeno ou de papila duodenal. São tumores diferentes.

Papila duodenal é um tumor que tem um prognóstico bom, operado precocemente através da duodenopancreactectomia. O tumor de duodeno é muito raro e também tem um prognóstico bom, se operado numa fase mais inicial. Enquanto o tumor de pâncreas é mais agressivo, em geral, segue a quimioterapia e tem outras complicações que são maiores. O resultado não é tão bom nesta doença.

Consequências

A qualidade de vida, hoje em dia, nos doentes que superam bem a duodenopancreatectomia, em geral, é boa, mas a retirada de parte do pâncreas pode levar à, por exemplo, diabetes e diarreias, por falta do suco pancreático que ajuda na digestão dos alimentos.

Normalmente, esses pacientes podem precisar de suplementação, insulina ou de reposição das enzimas do suco pancreático. Nós temos que dar a esses pacientes uma substância que se chama pancreatina, comprimidos que o doente necessita comer após as refeições para evitar grandes diarreias e perda de peso.

Tipos de cirurgia

No geral, hoje em dia, existem algumas modalidades de cirurgia mais econômicas, com grande competência do ponto de vista oncológico e que oferece ao paciente uma excelente qualidade de vida.

Nós podemos realizar a duodenopancreactectomia por:

  • Via aberta, abrindo a barriga, que é a mais realizada;
  • Via laparoscópica, poucos centros fazem, que é retirar por furos na barriga, uma cirurgia que depende de destreza e qualificação da equipe;
  • Cirurgia robótica, muitos centros estão fazendo com a ajuda de robôs, as referências também não são grandes.

Devemos lembrar que é uma cirurgia de grande porte seguidas de muitas complicações pós-operatórias e à longo prazo, população que se submetem à cirurgia podem ter complicações como diabetes ou diarreia, mas pode ser controlado com as medidas clínicas, passando a ter uma vida muito próxima do normal ou mesmo normal após um tempo.

Foto Links Úteis | Prof. Dr. Carneiro
Prof. Dr. Luiz Carneiro
Prof. Dr. Luiz Carneiro CRM: 22.761/SP, diretor do Serviço de Transplante e Cirurgia do Fígado do Hospital das Clínicas, professor da FMUSP e chefe do Departamento de Gastroenterologia da FMUSP.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    1. Olá. Primeiramente, obrigado pelo comentário. A duodenopancreatectomia é uma cirurgia feita nos tumores de cabeça do pâncreas, tumor de duodeno ou de papila duodenal. Por serem tumores diferentes, possuem sintomas diferentes. Espero ter ajudado! Se possível, me siga no Facebook onde poderá receber meu conteúdo em primeira mão, acesse o link: https://www.facebook.com/profluizcarneiro/

  1. Boa tarde,
    Tenho um cisto de 5,00 cm na cabeça do pancreas , um de 4,59 no corpo do pancreas e um de 5,69 na cauda do pancreas . Fiz punção em ecoendoscopia e foram diagnosticados cistos serosos . O que devo fazer, retirar o pancreas? ou acompanhar com exames periódicos ? Qual a probabilidade de malignização desses pseudos cistos adenomatosos serosos?

    1. Olá, Denize. Primeiramente, é necessário realizar todos os exames adequados para analisar essa questão e poder propor a melhor forma de tratamento. O ideal é retornar ao médico que lhe acompanha para que seja verificado quais as possíveis formas de tratar. Apenas com os exames em mãos e acompanhamento médico para saber o que se deve fazer. Espero ter ajudado e obrigado por me acompanhar!

    2. Olá Doutor
      Minha sobrinha tem 10 anos foi diagnosticada com tumor de frants. A cirurgia já está marcada ( duodenopancreatectomia)
      para o dia 15/07/2020, gostaria de saber se ela terá que fazer o uso da insulina pelo resto da vida?

    1. Olá, Tereza. Essa é uma cirurgia que pode surgir muitas complicações no pós-operatório. O ideal é que você retorne ao médico que lhe acompanhou durante todo o processo e esclarecer essa questão, assim ele poderá te indicar alguma forma de reverter esse sintoma.

      Espero ter ajudado e obrigado por me acompanhar! Se possível, me siga no Facebook para receber meu conteúdo em primeira mão: https://www.facebook.com/profluizcarneiro/

    1. Olá, Jucimara. Pode ser que exista alguns tratamentos, como não tenho acesso aos seus exames, é muito difícil responder essa questão. Sendo assim, eu recomendo que retorne ao profissional que lhe acompanhou durante todo o processo e esclareça essa questão.

      Espero ter ajudado e obrigado por me acompanhar! Se possível, me siga no Facebook para receber meu conteúdo em primeira mão: https://www.facebook.com/profluizcarneiro/

  2. Boa tarde. Fiz a cirurgia duodenopancreatectomia em junho, e desde ai tenho diarreias constantes 7 vezes ou mais ao dia, isto é normal? Com o tempo vai voltar ao normal? É que não consigo aumentar o peso e ja perdi 25kg. Obrigado

    1. Olá, Ricardo. Neste caso, seria interessante retornar ao médico que lhe acompanhou durante esse processo e esclarecer sua dúvida.

      Espero que ajude e obrigado por me acompanhar! Compartilhe o post para manter outras pessoas informadas.

  3. Olá, Rosana. Somos a equipe de marketing do Prof. Dr. Luiz Carneiro. Infelizmente não temos autorização para indicar alguém. Caso seja necessário, entre em contato com o dr no telefone: (11)3284-7958

    Agradeço pelo comentário.

  4. Boa tarde
    fui diagnosticado com um tumor na cabeça do pâncreas por acaso de um exame de imagem ( tomografia ) ao fazer alguns exames de sangue descobri que estou com Hepatite C um figado cirrotico com plaquetas baixas, o cirurgião oncologista disse que meu caso é cirúrgico o tumor mede 3,5x2,5cm porem corro o risco de ficar na mesa de cirurgia por sangramento. O que eu faço :
    Já estou tratando da hepatite c vai levar uns 4 meses para zerar.
    espero terminar o tratamento da hepatite ou arrisco a cirurgia.
    estou em quadro depressivo pois ninguem me dá uma luz.

    1. Olá, Valdmir. Eu entendo o quão delicado seja essa situação. Espero que fique tudo bem!

      Minha dica é seguir todas as recomendações à risca para uma melhora no quadro!

  5. Boa tarde, meu marido descobriu atraves de alguns sintomas e pesquisa com exames clinicos um carcinoma na papila duodenal de 2,5cm, indicaram cirugia. Ele é diabético e obeso , 1,70m x 112Kg, barriga muito grande. Gostaria de saber quais os reais riscos para ele ? Conhecem uma equipe especializada em Belem?

    1. Olá, Rosa. Boa tarde. Infelizmente não tenho como ajudar sem ter os exames em mãos e acompanhamento médico.

      Agradeço pelo comentário! Espero ter ajudado.

Prof Dr. Luiz Carneiro CRM 22761
CONTATO
Atenção: O site https://profluizcarneiro.com.br/ é uma espaço de informação e orientação médica de qualidade, nunca poderá substituir a consulta de um profissional médico que é a única pessoa capaz de realizar o diagnóstico real.

© 2021 Prof. Dr. Luiz Carneiro. Todos os direitos reservados. Desenvolvido com ♥ em WordPress por SuryaMKT

magnifiercross