Home » Pancreatectomia: como a cirurgia é realizada?


Profº Luiz Carneiro
Cv Lattes    GoogleMyCitations   ResearcherID   ORCID
CRM: 22.761
 

Pancreatectomia: como a cirurgia é realizada?

Pancreatectomia é a retirada de parte ou de todo pâncreas na enorme maioria das vezes, apenas raramente, nós tiramos o pâncreas totalmente. Nós fazemos a retirada de partes do pâncreas, o pâncreas é dividido em: cabeça, corpo e cauda.

Então nós podemos fazer a retirada do corpo e cauda ou da cabeça, são duas cirurgias distintas.

Cirurgia de Whipple

A retirada da cabeça do pâncreas é mais complexa, porque anatomicamente nós temos que retirar parte do estômago, parte do duodeno e uma pequenina parte do intestino delgado e também a via biliar, que é o canal da bílis, que vem do estômago pela posição anatômica e depois temos que reconstruir tudo isso para que se tenha uma digestão e um trânsito do alimento normal.

Então essa é a chamada Cirurgia de Whipple que é pancreatectomia da cabeça do pâncreas.

É uma cirurgia complexa, que tem um índice de complicações baixo hoje, em serviços com grande experiência, com pessoas que têm treinamento para realizar essa cirurgia, mas que tem um índice de complicação e de mortalidade um pouco mais alta, naqueles serviços em que a cirurgia é realizada esporadicamente.

Então nós recomendamos que seja feita no hospital com muita estrutura, com grupos cirúrgicos experientes nesse tipo de cirurgia. A gente diz muito no nosso jargão médico, que a gente faz bem aquilo que faz sempre, a gente faz bem aquilo que faz muito.

Então é um procedimento que fica muito mais padronizado, muito mais simples quando realizado por cirurgiões experientes.

Pancreatectomia de corpo-caudal

A pancreatectomia de corpo e cauda de pâncreas é basicamente mais simples e associada hoje, muito à retirada do baço também em conjunto. Essas cirurgias tanto a da cabeça do pâncreas quanto a do corpo e cauda podem ser feitas por incisões tradicionais em que se abre a barriga ou por via laparoscópica ou robótica, o auxílio do robô, então os grupos tem que escolher qual é a melhor estratégia cirúrgica para cada doente para poder realizar essa cirurgia.

A cirurgia da cabeça de pâncreas é realizada preferencialmente por robô, porque por vídeo-laparoscopia exigem angulações que são muito complicadas e dificultam muito e pouquíssimos grupos fazem, então ela é muito mais feita hoje por via robótica em que o acesso é muito facilitado pela robô e a corpo e cauda que pode ser feita abrindo-se a barriga por via tradicional ou por via laparoscópica ou robótica, aí fica a critério de cada serviço e de cada cirurgião.

Eu acho que esses são os pontos principais para esclarecer sobre essa doença. Obrigado!

Bibliografia:

The Effects of Profound Hypothermia on Pancreas Ischemic Injury: A New Experimental Model

Rocha-Santos, Vinicius MD; Ferro, Oscar Cavalcante MD; Pantanali, Carlos Andrés MD; Seixas, Marcel Povlovistsch MD; Pecora, Rafael Antonio Arruda MD; Pinheiro, Rafael Soares MD; Claro, Laura Carolina López MD; Abdo, Emílio Elias MD; Chaib, Eleazar MD; D’Albuquerque, Luiz Augusto Carneiro MD, PhD
—————————————————————-

Severe Acute Pancreatitis: A Possible Role of Intramyocardial Cytokine Production

Meyer, A., Kubrusly, M., Salemi, V., de Mendonça Coelho, A., Molan, N., Patzina, R., Machado, M., Mady, C., D’Albuquerque, L., & Jukemura, J

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

 
 

         por Dr. Luiz Carneiro D'Alburquerque

CRM 22.761    

 

 

 

 

 

 

      por Dr. Luiz Carneiro

D'Albuquerque

CRM 22.761    

Prof. Dr. Luiz Carneiro

Diretor da Divisão de Transplantes de Fígado e Orgãos do Aparelho Digestivo do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP

TIRE SUAS DÚVIDAS

Share This
× Agendar Consulta.