Logo | Dr. Luiz Carneiro CRM 22761

Gordura no fígado pode ter sintomas?

Sintomas de Gordura no Fígado - Por Prof. Dr. Luiz Carneiro
Gordura no fígado pode ter sintomas? 2

A esteatose hepática pode provocar fadiga, sensação de peso na parte direita do abdômen, barriga inchada, dor de cabeça, enjoos e vômitos. Em alguns casos, o paciente pode apresentar pele e olhos amarelados e fezes claras. Outros pacientes reclamam de desconforto abdominal e mal-estar generalizado.

É fato que os sintomas da gordura no fígado surgem quando as células adiposas ultrapassam os 10%, identificada como esteatose hepática de grau 1. Normalmente, no início, a doença não apresenta sintomas. Só é descoberta por exames de sangue de rotina.

Síndrome metabólica associada com a esteatose, obesidade , hipertensão e dislipidemia (alteração no colesterol e triglicerídeos) são fatores importantes que estão associados aos sintomas da gordura no fígado.

Na esteatose hepática de grau 2, a pessoa queixa-se de um cansaço excessivo, dor de cabeça, náuseas, vômitos e diarreia. Neste caso, o grande acúmulo de gordura provoca a inflamação do tecido hepático.

No grau 3, a esteatose pode provocar a fibrose hepática, quando associado há síndrome metabólica, e com isso estabelece esteato –hepatite não alcoólica (NASH),  uma inflamação que provoca alterações no fígado, mas o funcionamento do órgão ainda está preservado.

No grau 4, a gordura no fígado e uma inflamação por anos a fio deflagraram uma cirrose. Há o risco de uma evolução para câncer ou transplante.

Diagnóstico

As análises laboratoriais servem para avaliar o grau de lesão do fígado através das chamadas enzimas hepáticas (TGO e TGP ou AST e ALT) e de outros marcadores de doença do fígado, como a gama GT. Função hepática através dos exames de coagulação e proteínas.

Geralmente, é possível quantificar a quantidade de gordura acumulada no fígado através da ecografia, elastografia, ressonância nuclear magnéticas, porém o exame padrão ouro é a biópsia hepática.

Foto Links Úteis | Prof. Dr. Carneiro
Prof. Dr. Luiz Carneiro
Prof. Dr. Luiz Carneiro CRM: 22.761/SP, diretor do Serviço de Transplante e Cirurgia do Fígado do Hospital das Clínicas, professor da FMUSP e chefe do Departamento de Gastroenterologia da FMUSP.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    1. Meu gama gt esta a 206 e a gtp a 74 e gto 36. Eu não fumo nem bebo álcool. Tenho 25 anos. Fui mãe a 3 meses, ano passado a minha gama gt estava a 70 e agora subiu muito. Ano passado meu médico não valorizou mas agora ja me encaminhou para consulta de especialidade. O que poderá ser? Tomo pilula, terá influencia? Também tenho proteinuria, perco proteínas na urina pois tenho una nefropatia, poderá vir dai essa alteração?

      1. Olá, Sofia. É muito difícil responder essas questões sem ter os seus exames em mão e acompanhamento médico. Cada caso é um caso, sendo assim, o tratamento varia de pessoa para pessoa. O mais recomendado no momento é seguir as orientações do médico especialista. Obrigado!

  1. Caríssimo Doutor Luiz!
    Recebi o diagnóstico de esteatose há mais de 20 anos.

    Os scan realizado, inclusive o último do biópsia classificou como esteatose grau 2.

    Penso que foi resultado triglicérides alto que mantenho também. Muito tempo.

    Sou portador de gastrite e refluxo, há mais de 30 anos. Atualmente controlado com pariet de 20 mg.

    Tenho dispepsia crônica.

    Pergunto: o inibidor de bomba que utilizo a tanto tempo, não é o responsável por isso.???

    Aguardo/ abraços

    1. Olá Adalberto. Obrigado por estar interagindo comigo. Nesse caso, meu conselho é que você retorne ao seu médico para que ele possa analisar seu caso com cautela e identifique qual o real motivo desse problema. Espero que ajude!

  2. Boa noite, estou com esteatose hepática Glll, porém não bebo, não como gordura e nem fritura.
    Porque cheguei a esse ponto?
    Eu como muito doce , será essa a causa?
    Obrigada!

Prof Dr. Luiz Carneiro CRM 22761
CONTATO
Atenção: O site https://profluizcarneiro.com.br/ é uma espaço de informação e orientação médica de qualidade, nunca poderá substituir a consulta de um profissional médico que é a única pessoa capaz de realizar o diagnóstico real.

© 2021 Prof. Dr. Luiz Carneiro. Todos os direitos reservados. Desenvolvido com ♥ em WordPress por SuryaMKT

magnifiercross