Home » Endoscopia: Qual a preparação do exame e quando é indicado?


Profº Luiz Carneiro
Cv Lattes    GoogleMyCitations   ResearcherID   ORCID
CRM: 22.761
 

Atualizado em:

Endoscopia: Qual a preparação do exame e quando é indicado?

O desconforto estomacal é algo que precisa ser investigado pelos médicos, principalmente para confirmar se existe ou não alguma doença no trato digestivo. Neste caso, um dos exames mais indicados é a endoscopia. A endoscopia é um tipo de exame bastante utilizado para diagnosticar doenças digestivas, tais como gastrite ou refluxo.

Além disso, também pode ser indicada para detectar precocemente alguns tumores, especificamente no esôfago ou no estômago. É considerado um dos exames mais comuns e eficazes na identificação de doenças como hérnia de hiato ou câncer de estômago.

Mas, antes de realizar o exame, o paciente precisará de um preparo especial, seguindo todas as recomendações médicas. Quer saber qual o preparo para a endoscopia? Continue acompanhando o post de hoje!

O procedimento

Muitas vezes, a endoscopia desperta um certo ‘medo’ nos pacientes, por conta da sedação que é utilizada. Porém, é importante destacar que o sedativo é administrado na veia, e o efeito é pontual, ou seja, dura apenas o tempo necessário para a realização do exame.

Durante esse período, que leva em torno de 15 minutos, a oxigenação e frequência cardíaca são sempre monitoradas pelos médicos.
Depois da anestesia, é introduzido o endoscópio, um tubo flexível que possui uma câmera e iluminação na ponta, inseridos pela garganta. Esse instrumento é o responsável pelas imagens em tempo real do aparelho digestivo.

Preparação para o exame

Antes do exame, é necessário que o paciente esteja em jejum de 8 a 12 horas, incluindo água. Deve-se levar um acompanhante, uma vez que não é permitido fazer este exame estando sozinho.

Assim que o paciente chega ao local da endoscopia, é fornecida uma solução para eliminar bolhas e gases que possam atrapalhar, de alguma forma, o procedimento. Então, ele é colocado na maca, com uma espécie de máscara para que a boca fique aberta, e assim o exame seja realizado.

E após a endoscopia?

É normal sentir um pouco de desconforto na garganta após o exame, por conta da sedação, além de um pouco de tontura. Após a saída da maca, o paciente é encaminhado para uma sala, onde permanece por 30 minutos, até que passe o efeito da sedação.

É recomendado tirar o dia de licença no trabalho, e não dirigir por até 24 horas. O ideal é ir para casa com o acompanhante, e permanecer em repouso até passar o efeito do sedativo completamente.

Gostou do conteúdo? Deixe um comentário abaixo e compartilhe!

Clique no sino do canto inferior esquerdo para receber notificações!

         por Dr. Luiz Carneiro D'Alburquerque

CRM 22.761    

 

 

 

 

 

 

      por Dr. Luiz Carneiro

D'Albuquerque

CRM 22.761    

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Prof. Dr. Luiz Carneiro

Diretor da Divisão de Transplantes de Fígado e Orgãos do Aparelho Digestivo do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP

TIRE SUAS DÚVIDAS

Share This
× Agendar Consulta.