Logo | Dr. Luiz Carneiro CRM 22761

Cisto no fígado pode virar um câncer?

Ao fundo da imagem, há um médico fazendo ultrassom no abdômen de uma pessoa que está deitada.
Cisto no fígado pode virar um câncer? 2

Ao receber o diagnóstico de uma lesão no organismo, nem sempre o indivíduo recebe essa notícia de forma positiva. Mas, não é necessário se assustar com a situação, pois muitas vezes essas formações são benignas. E este é o caso do cisto no fígado.

Elaboramos este post para falar um pouco mais a respeito deste problema, de modo que você entenda melhor como ocorre esta lesão. Continue lendo para saber mais informações, e descubra o que é de fato um cisto no fígado.

Cisto no fígado: características

O cisto é uma lesão que geralmente apresenta o formato arredondado, e contém líquido em seu interior. Poderíamos classificá-lo como bolha ou bolsa de água, e sua formação é muito comum no fígado.

Na maioria dos casos de cisto no fígado, as causas da sua formação permanecem desconhecidas. O que se sabe é que essas lesões podem nascer com a pessoa, ou se desenvolver ao longo da sua vida.

Outra característica bastante comum é que o cisto no fígado possui um crescimento lento, e na maioria das vezes, é assintomático, ou seja, não surge nenhuma manifestação incômoda no indivíduo.

Isso acontece pelo fato de que, esses cistos apresentam uma evolução amena e em geral não apresentam grandes comprometimentos, são lesões benignas e que normalmente não geram complicações no funcionamento do fígado.

Cisto no fígado: possíveis complicações

Em apenas 5% dos casos de cisto no fígado, o indivíduo corre o risco de desenvolver um câncer, que ocorre quando existe um tipo específico de cisto, como é o caso do cisto adenoma (benigno) ou cisto adenocarcinoma (maligno). Esses já são considerados como tumores pré-cancerígenos (cistoadenoma), ou seja, possuem em si o potencial para se transformarem em tumores malignos, ou câncer. Nesse caso, são denominados como cisto adenocarcinomas.

Mas, isso vale apenas para uma porcentagem dos casos, que apresentam o tipo específico de cisto. Para o restante, a doença é benigna. Para os demais, a formação é benigna, e não está relacionada com o câncer, nem com afecções.

Desta forma, se algum dia você receber um diagnóstico de cisto no fígado, não deve se preocupar. Basta apenas conversar com médico e esclarecer todas as dúvidas. Com certeza será possível acompanhar o quadro e tratar o problema da melhor maneira possível.

O cisto no fígado é grave?

Conforme dito anteriormente, a maioria dos casos de cisto no fígado não apresentam riscos, problemas ou complicações para a saúde do indivíduo. É por isso que as pessoas convivem com essas lesões sem prejuízo algum para sua saúde.

Para o cisto no fígado, em geral não é necessário tratamento. O médico recomenda apenas que o quadro seja acompanhado para observar a sua evolução e prevenir o surgimento de possíveis complicações.

Lembrando sempre que os casos existem exceções e existem casos de cistos e doença policística que são necessários tratamentos cirúrgicos, destelhamentos de cistos, ressecções e em casos isolados o transplante de fígado.

Foto Links Úteis | Prof. Dr. Carneiro
Prof. Dr. Luiz Carneiro
Prof. Dr. Luiz Carneiro CRM: 22.761/SP, diretor do Serviço de Transplante e Cirurgia do Fígado do Hospital das Clínicas, professor da FMUSP e chefe do Departamento de Gastroenterologia da FMUSP.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    1. Olá, Rafaella. Boa tarde. Isso deve ser esclarecido com o médico que lhe indicou o exame para averiguar essas condições, pois é o profissional que possui maior conhecimento no caso e poderá propor uma resposta mais específica. Devemos lembrar que cada caso é um caso.

      Tenho um post completo sobre nódulo no fígado e poderá te ajudar a entender mais sobre o assunto, acesse o link: https://profluizcarneiro.com.br/nodulo-no-figado-como-trata-lo/

      Espero que ajude e agradeço pelo comentário!

    2. Bom dia. Minha dúvida tenho de diagnóstico 2 cisto no fígado 1 de 10,23 cm outro de 2.33. O hospital do meu plano médico se recusa a fazer cirurgia o posso fazer, pois sinto muito desconforto abdominal.

Prof Dr. Luiz Carneiro CRM 22761
CONTATO
Atenção: O site https://profluizcarneiro.com.br/ é uma espaço de informação e orientação médica de qualidade, nunca poderá substituir a consulta de um profissional médico que é a única pessoa capaz de realizar o diagnóstico real.

© 2021 Prof. Dr. Luiz Carneiro. Todos os direitos reservados. Desenvolvido com ♥ em WordPress por SuryaMKT

magnifiercross