Logo | Dr. Luiz Carneiro CRM 22761

H. Pylori: Descubra qual a forma de transmissão da bactéria

Ao fundo da imagem há uma ilustração de uma bactéria.
H. Pylori: Descubra qual a forma de transmissão da bactéria 2

Uma bactéria de formato cilíndrico, dotada de flagelos em formas de cílios compridos. Assim é caracterizada a H. Pylori, que está presente na superfície da mucosa gástrica, acometendo mais de 50% da população mundial. A bactéria pode ser detectada através de exames como endoscopia, testes de uréase e até mesmo, por meio de biópsia. Quer saber mais sobre essa bactéria, e descobrir qual a sua forma de transmissão? Então, continue nos acompanhando!

A bactéria causa sintomas?

Antes de falarmos sobre como a H. Pylori pode ser transmitida, devemos citar os principais sintomas. A maioria das pessoas infectadas não chegam a apresentá-los, ou seja, são assintomáticas. Porém, essa é uma bactéria que quando associada a uma série de complicações gástricas e esofágicas no indivíduo, como gastrite, refluxo, esofagite e úlcera, podem a longo prazo apresentar o desenvolvimento de câncer de estômago.

A liberação de certas enzimas e toxinas, provocadas pela H. Pylori, podem agredir direta ou indiretamente as células do estômago e duodeno, causando a inflamação crônica nas paredes desses órgãos, o que os torna mais vulneráveis aos danos que são causados pelo ácido gástrico e sucos digestivos.

Os sintomas são decorrentes da agressão gástrica e esofágica decorrentes da acidez, refluxo gastro-esofágico e principalmente da alimentação. Quando surgem os sintomas, os mais relatados são associados a alteração encontrada, como gastrite, esofagite e refluxo.

Como a bactéria pode ser transmitida?

Apesar não haver ainda um esclarecimento sobre sua forma de transmissão, é muito provável que essa bactéria seja transmitida devido ao consumo de algum alimento ou água contaminada com material fecal, ou de pessoa para pessoa, principalmente quando já estão infectadas e não fazem a higienização das mãos corretamente, após evacuarem.

Além disso, é possível ainda que a bactéria seja transmitida através do beijo ou outro tipo contato físico, como em lugares de movimentação e grandes aglomerações, por exemplo.

É muito importante lembrar, então, de manter a higiene e não deixar de lado alguns cuidados, como lavar as mãos antes de comer e após ir ao banheiro, e evitar o uso de talheres ou copos que tenham sido utilizados por outras pessoas. Desta forma, será possível evitar a contaminação.

Agora que você já sabe de que maneira a H.Pylori pode ser transmitida, deixe o seu comentário sobre o que achou sobre o tema.

Foto Links Úteis | Prof. Dr. Carneiro
Prof. Dr. Luiz Carneiro
Prof. Dr. Luiz Carneiro CRM: 22.761/SP, diretor do Serviço de Transplante e Cirurgia do Fígado do Hospital das Clínicas, professor da FMUSP e chefe do Departamento de Gastroenterologia da FMUSP.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Prof Dr. Luiz Carneiro CRM 22761
CONTATO
Atenção: O site https://profluizcarneiro.com.br/ é uma espaço de informação e orientação médica de qualidade, nunca poderá substituir a consulta de um profissional médico que é a única pessoa capaz de realizar o diagnóstico real.

© 2021 Prof. Dr. Luiz Carneiro. Todos os direitos reservados. Desenvolvido com ♥ em WordPress por SuryaMKT

magnifiercross