Logo | Dr. Luiz Carneiro CRM 22761

Como eliminar a gordura no fígado?

Como eliminar a gordura do fígado? - Por Prof. Dr. Luiz Carneiro - USP
Como eliminar a gordura no fígado? 2

Se você é uma das pessoas que acreditam que a gordura se aloja somente na barriga, repense esse conceito. Isso porque a região do abdômen é apenas uma daquelas que servem como reserva natural de calorias.

A gordura não fica retida em nosso organismo somente sob a pele. Ela também se fixa em nossos órgãos, e acredite, gordura no fígado é um problema muito comum no mundo inteiro. Embora não apresente sintomas, essa condição causa sobrecarga ao órgão e traz consequências graves.

Neste post vamos explicar de que maneira é possível reduzir o percentual de gordura no fígado para manter a saúde dele. Continue lendo e veja como não é complicado manter o seu organismo saudável.

Por que a gordura se acumula no fígado

O acúmulo de gordura no fígado é chamado de esteatose hepática, ou de doença hepática gordurosa não alcoólica. Ele ocorre em função dos mesmos fatores que nos fazem ter os “pneuzinhos”, que é são alimentação desequilibrada e o sedentarismo, mas também pode se manifestar em casos de:

Com o passar do tempo, a gordura se deposita nesse órgão e ali permanece. Ela não gera sintomas incômodos, porém, interfere no funcionamento do fígado e favorece o desenvolvimento de problemas como a cirrose e o câncer.

Embora seja um quadro que exige atenção e cuidados, não é preciso desesperar-se ao receber esse diagnóstico. Afinal, assim com podemos perder barriga, conseguimos eliminar a gordura no fígado. E você vai aprender como fazer isso a seguir.

6 formas de eliminar a gordura no fígado

A gordura no fígado não vai desparecer sozinha, assim como não perdemos os quilos extras sem fazer nada. Então, para que possamos recuperar a saúde desse órgão, é essencial que algumas mudanças aconteçam no estilo de vida, como:

  1. Controle sua saúde

Se você tem problemas de saúde como hipertensão, diabetes e desequilíbrios da tireoide, procure manter o tratamento indicado pelo médico. Se não for o seu caso, ainda assim faça um check up regularmente para acompanhar seu quadro clínico.

  1. Mude sua alimentação

Os mesmos alimentos que nos fazem engordar provocam o acúmulo de gordura no fígado. Por isso, evite as gorduras saturas e trans, prefira alimentos integrais, carboidratos naturais, evite o açúcar em excesso, consuma mais frutas, verduras, legumes, fibras e oleaginosas (castanhas, nozes, amêndoas, etc.).

  1. Inclua probióticos em seu cardápio

A ingestão de queijos brancos, iogurte e leite fermentado, associada ao consumo de fibras, ajuda a metabolizar melhor as gorduras ingeridas. Por isso, procure incluir esses alimentos em seu cardápio para que seu organismo consiga eliminar a gordura mais facilmente.

  1. Saia do sedentarismo

É fundamental praticar uma atividade física para que seu corpo converta o acúmulo de gordura em energia. Existem diversas opções para você escolher aquela que mais lhe agrada, e não precisa necessariamente ser aeróbica, corrida ou caminhada. Você pode fazer hidroginástica, musculação, dançar, pedalar, nadar, praticar um esporte, entre muitas outras opções. O importante é manter o corpo ativo.

  1. Elimine hábitos nocivos

A ingestão de bebidas alcoólicas deve ser feita com muita cautela por quem tem gordura no fígado. Isso porque esse tipo de bebida pode agravar as lesões no órgão. E quanto ao tabaco, embora não favoreça o acúmulo de gordura, ele interfere na oxigenação do fígado, dificultando a sua recuperação.

  1. Durma bem

Durante o sono nosso metabolismo trabalha equilibrando o organismo. Também perdemos calorias enquanto dormimos, e isso nos ajuda a eliminar a gordura no fígado. Então, respeite seu horário de sono para que o relógio biológico funcione bem e seu corpo consiga metabolizar as substâncias ingeridas durante o dia.

Percebeu como não é difícil eliminar a gordura no fígado? Seu principal desafio pode ser disciplinar-se para alterar seus próprios hábitos, mas isso você consegue ao lembrar-se que depende de você mesmo sua saúde, e que vale a pena fazer pequenas mudanças para ter mais  qualidade de vida e longevidade.

Foto Links Úteis | Prof. Dr. Carneiro
Prof. Dr. Luiz Carneiro
Prof. Dr. Luiz Carneiro CRM: 22.761/SP, diretor do Serviço de Transplante e Cirurgia do Fígado do Hospital das Clínicas, professor da FMUSP e chefe do Departamento de Gastroenterologia da FMUSP.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  1. Estou com este problema no figado e nao posso fazer exercícios estou com gonastrose no joelho direito o que eu poderia fazer. Mas eu adorei eu acompanho as publicações do Dr. Muito obrigado Deus abençoe,

    1. Olá Teresa. O correto é mudar a alimentação, dormir bem, não ingerir bebidas alcoólicas, entre outras formas de evitar gordura no fígado. Espero que isso ajude.

    1. Olá, Neide. Nesse caso, o ideal é procurar um médico para que possa ser avaliado suas condições e encaminhar para um especialista que indique os tratamentos de acordo com o seu quadro clínico. Apenas com os exames em mãos e acompanhamento médico para saber o que fazer. Tenho um post que pode te ajudar a entender mais sobre esse assunto, dê uma olhada: https://profluizcarneiro.com.br/o-que-causa-a-gordura-no-figado/ Obrigado!

Prof Dr. Luiz Carneiro CRM 22761
CONTATO
Atenção: O site https://profluizcarneiro.com.br/ é uma espaço de informação e orientação médica de qualidade, nunca poderá substituir a consulta de um profissional médico que é a única pessoa capaz de realizar o diagnóstico real.

© 2021 Prof. Dr. Luiz Carneiro. Todos os direitos reservados. Desenvolvido com ♥ em WordPress por SuryaMKT

magnifiercross