Logo | Dr. Luiz Carneiro CRM 22761

O que é cirrose?

A cirrose é uma doença crônica que geralmente se desenvolve lentamente, ela se caracteriza pela formação de fibrose e nódulos no fígado. A fibrose é um tipo de tecido cicatricial que se forma quando o fígado sofre muitas lesões em suas células hepáticas; e então são substituídas por essa cicatriz.

- O que é Cirrose?

Cirrose é um termo genérico utilizado para todas as doenças do fígado. Você pode ter cirrose alcoólica, cirrose pós-hepatite, cirrose pós uma doença autoimune, em que o próprio organismo agride o fígado.

As pessoas confundem muito achando que a cirrose é decorrente só do álcool, e não é verdade. Cirrose é uma via final, o álcool é um dos agentes que agride o fígado e levam à cirrose.

Cirrose é quando tem uma agressão das células do fígado, essa célula inflama e pode ter uma morte parcial ou total sendo substituído por uma cicatriz.

Essa cicatriz pode, em uma sequência, tornar o fígado duro em áreas de fibrose, isso é a cirrose. Em consequência dessa substituição do tecido vivo por um tecido morto, que é a fibrose, forma as cicatrizes. O fígado vai adquirindo uma consistência dura e diferente.

Na verdade, é um mecanismo final de várias doenças, pode ser por autoimune, por álcool, é muito comum aqui no consultório nós dizermos que o doente tem cirrose e ele responde que nunca bebeu e isso não quer dizer nada, ele pode ter tido uma hepatite C que levou à cirrose, entre outros fatores.

-  Existe cirrose medicamentosa?

Sim, os medicamentos costumam dar mais reações agudas, porém, existem diversos medicamentos e depende de cada reação. Tem determinados medicamentos que você pode tomar e irá destruir agudamente o seu fígado em um dia ou dois.

Existem outros remédios que podem dar uma lesão crônica, porque você toma uma pequena dose e a fibrose vai evoluindo com a cirrose.

Existem outros que são parecidos com uma alergia, você toma uma vez, a reação alérgica é pequena e dá uma pequena necrose, e por repetição você terá a fibrose.

A gente sabe hoje que alguns anestésicos que uma vez não dá problema nenhum, mas a exposição repetida pode levar à fibrose do fígado.

- O anestésico dentário, por exemplo?

Não, em geral, esses anestésicos não são de uso local, são anestésicos em que, por exemplo, a gente usava muito para curativos e pequenas cirurgias e muitas vezes são inalados e tem efeito no fígado.

Alguns já foram retirados e não se usa mais depois que se comprovou que era por exposição. E outros sabem que tem um potencial e quando usa tem que ver a repercussão que teve no fígado.

Saiba tudo sobre Cirrose clicando AQUI.

Foto Links Úteis | Prof. Dr. Carneiro
Prof. Dr. Luiz Carneiro
Prof. Dr. Luiz Carneiro CRM: 22.761/SP, diretor do Serviço de Transplante e Cirurgia do Fígado do Hospital das Clínicas, professor da FMUSP e chefe do Departamento de Gastroenterologia da FMUSP.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  1. Oi doutor em setembro de 2016 minha maë teve emorragia digestiva e tivemos a notícia que ela tinha cirrose, ela voltou para casa vivia normalmente quando por volta de julho de 2017, ela começou a ser tratada no HC ela não tinha desenvolvido assiste ainda, ela tomava diurético mas quando tiraram o diurético aí ela desenvolveu o quadro de assiste, depois do susto fui estudar e soube que a única forma de minha mãezinha sobreviver era um transplante e soube também que a espera na fila e cruel, meu coração se encheu de esperança quando vi que tinha o transplante intervivo não pensei 2 vezes eu e um outro irmão nos propuzermos a fazer dissemos ao médico ele marcou o meu nome e do meu irmão, e disse que iria entrar em contato com nosco mais não entraram 3 meses depois a pessoa que me deu a vida faleceu, em nenhum momento nos perguntaram sobre essa opção o senhor não acha que eles deveriam avisar sobre essa opção o que mais doi em mim e que se fosse um câncer um problema cardíaco ou outras doenças tudo bem mais quantas pessoas foram salvas por esse procedimento, o médico disse que não era tão necessário naquele momento , ela entrou na fila 20 dias antes de morrer 3 meses só foram de exames para entrar na fila e quando entrou entrou com o meld 22 eu acho que bastante informações já temos mais deveríamos ter a nossa disposições os caminhos, então quem tiver nessa situação corre lute pois tem muitas pessoas que são salvas meu MEU SANGUE E O+ O DA MINHA MÃE ERA A+ EU SÓ QUERIA SABER SE EU TINHA ALGUMA CHANCE DE DOAR PARA ELA PORQUE SE TIVESSE VENDERIA MINHA CASA DARIA TUDO PARA AUMENOS TENTAR POIS É O QUE ELA FARIA POR MIM E NEM ISSO NEM ISSO PUDE SABER POIS ME DISSERAM QUE EU PODERIA FICAR TRANQUILO NÃO ERA NECESSÁRIO. PS SANGUE O+ PODE DOAR PARA A+ ? obrigado e me desculpe.

    1. Olá João lamento o ocorrido, lutamos todos os dias para que isso não aconteça. Imagino que a sua perda tenha sido muito grande mesmo. Em relação ao tipo de sangue preferencialmente o tipo de sangue deve ser o mesmo, mas existem outros critérios importantes, como altura e peso. Obrigado pelo comentário e desabafo.

    2. Oi joão meu pai tá com cirrose está com tudo inchado água que tinha na barriga dele foi para o pulmão a carrossé delê e apatiqui ela icha tudo quero saber sim tem curra sim ou não

  2. Tenho uma tia que foi diagnosticada com cirrose hepática em estagio avancado,gostaria de saber quais as chances dela,ja que a mesma nao tem cura?

  3. olá, minha mãe foi diagnosticada com cirrose hepática, ela tem lúpus, está muito inchada, tenho muito medo de perde lá, principalmente se ela sofrer, mas ela tem muitos fungos, micoses. Faço tudo q está ao meu alcance por ela, mas confesso q tenho medo de perder ela a qualquer momento.

  4. Tive inicio cirrose alcoólicas fiquei internado por dez dias Tava começando a ficar amarelo olho e pouco da pele hoje faz um mês que estou em casa e é parece que estou igual antes de ter me sinto bem faço xixi coco normal lógico que mudei meus abtos será que mesmo eu me cuidando ela tem chance de si manifesta?

    1. Bom dia. Uma vez que tem o diagnóstico confirmado de cirrose, o paciente terá cirrose até eventualmente transplantar o fígado. A cirrose não tem cura, somente com Transplante. Consulte sempre um especialista. Estou à disposição.
      Espero que ajude e compartilhe o post para manter mais pessoas informadas!

  5. Olá. .
    Bom diaa. .
    meu marido foi diagnosticado co cirrose...child B comentei A RESPEITO
    de transplante com o médico e ele desconversou...o que posso fazer.?

    1. Olá, Lucas. Para eu responder essa questão, precisaria de todos os exames em mãos e acompanhamento médico. O ideal é seguir as recomendações do médico que acompanha a sua amiga.

      Espero ter ajudado e obrigado por me acompanhar! Se possível, me siga no Facebook para receber meu conteúdo em primeira mão: https://www.facebook.com/profluizcarneiro/

Prof Dr. Luiz Carneiro CRM 22761
CONTATO
Atenção: O site https://profluizcarneiro.com.br/ é uma espaço de informação e orientação médica de qualidade, nunca poderá substituir a consulta de um profissional médico que é a única pessoa capaz de realizar o diagnóstico real.

© 2021 Prof. Dr. Luiz Carneiro. Todos os direitos reservados. Desenvolvido com ♥ em WordPress por SuryaMKT

magnifiercross