Home » Cirurgia bariátrica: mitos e verdades

Profº Luiz Carneiro D'Albuquerque - CRM: 22.761

Cv Lattes   GoogleMyCitations  ResearcherID  ORCID

Última atualização em 27/07/2020 por Prof Luiz Carneiro

Cirurgia bariátrica: mitos e verdades

A cirurgia bariátrica é uma opção de tratamento para quem precisa fazer o controle da obesidade quando outros métodos e técnicas não se mostram eficazes. Também é indicada quando o peso corporal oferece risco para a saúde ou a vida do paciente.

Esse procedimento é muito eficaz e permite uma resposta rápida do organismo para reduzir o excesso de gordura. Mas como acontece com outras técnicas médicas, existem muitos mitos que circulam ao redor desse assunto.

Porém, é importante saber o que é ou não verdade para entender ao certo como a cirurgia bariátrica funciona. Por isso, preparamos este artigo listando alguns mitos e verdades a fim de que você conheça melhor esse tratamento e fique bem informado. Acompanhe!

Qualquer pessoa acima do peso pode fazer a cirurgia bariátrica.

MITO. A indicação da cirurgia bariátrica não é para qualquer pessoa que esteja com sobrepeso. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS) é recomendada para pacientes com IMC (índice de massa corporal) acima de 35 kg/m² com problemas como hipertensão, diabetes, apneia do sono e outros. Também para aqueles com IMC acima de 40 kg/m² que não tenham alcançado bons resultados após dois anos de tratamento clínico.

Veja também: Como são feitas as cirurgias bariátricas.

O paciente que faz cirurgia bariátrica pode ter anemia no pós-operatório.

VERDADE. Como o estômago ficou reduzido e a quantidade de alimento ingerida é menor, existe a possibilidade de o paciente apresentar quadros de anemia após a operação. A tendência maior está entre as mulheres, em função da menstruação, que provoca perda de ferro associada, à baixa ingestão de carne vermelha. Mas é possível contornar esse problema por meio de suplementos alimentares indicados por um nutricionista.

A cirurgia bariátrica faz a pessoa emagrecer porque ela come menos.

MITO. De fato a quantidade de alimento ingerido depois da cirurgia será menor, mas essa não é a única razão pela qual a pessoa emagrece após a bariátrica. Esse procedimento também atua sobre os hormônios que estimulam o apetite, provoca mudanças na fisiologia do paciente e em seu paladar. Assim, acontece o controle do desejo alimentar e o paciente não emagrece porque “passa fome”, mas sim porque o seu organismo muda.

O paciente pode engordar de novo depois de fazer a cirurgia bariátrica.

VERDADE. A cirurgia bariátrica estimula a perda de peso rápida. No entanto, o indivíduo pode voltar a engordar se ele não fizer uma mudança de hábitos para adotar uma dieta mais saudável e menos calórica. Também é importante a prática de exercícios físicos a fim de manter os bons resultados alcançados com o procedimento.

Depois da bariátrica é preciso fazer uma cirurgia plástica.

MITO. Nem todo paciente precisará fazer a cirurgia plástica após a perda de peso com procedimento bariátrico. Essa necessidade deve ser avaliada caso a caso por uma equipe multidisciplinar para verificar se é possível adotar outras técnicas ou se a plástica é indispensável.

A cirurgia bariátrica causa depressão.

MITO. O problema da depressão não está diretamente relacionado com a realização da cirurgia bariátrica, mas realmente existem alguns pacientes que sofrem abalos psicológicos em função do seu relacionamento com a comida, principalmente. Por isso, é preciso que toda pessoa que se submeterá a esse procedimento passe por avaliação psicológica ou psiquiátrica e, se necessário, faça terapia após a cirurgia.

A perda de peso mais significativa acontece nos seis primeiros meses.

VERDADE. Nos seis primeiros meses após a realização da cirurgia bariátrica o metabolismo do paciente queima muito mais gordura, por isso, existe uma grande perda de peso durante esse período. No entanto o emagrecimento total acontece em até dois anos, daí a necessidade de continuar seguindo as recomendações do especialista para atingir os resultados esperados.

É válido lembrar que como qualquer outro procedimento cirúrgico a cirurgia bariátrica oferece riscos e chances de complicações. Daí a necessidade de realizá-la se de fato for necessário e com acompanhamento de uma excelente equipe de profissionais. Dessa forma o tratamento trará somente benefícios, melhorando a qualidade de vida do paciente.

Clique no sino do canto inferior direito para receber notificações!

32 Comentários

  1. Rozi medeiros

    As informações foram valiosas pra mim.Estou no processo pra realizar a cirurgia…obrigada.

    Responder
    • Marta

      Obstrução intestinal pode ocorrer após alguns meses da bariátrica, consequência de ma alimentação?
      Minha sobrinha está internado e sente muitas dores no estômago.

      Responder
      • Equipe Prof. Luiz Carneiro

        Olá, Marta. O ideal é recorrer a um especialista que analise o seu caso e possa responder essa questão, pois cada caso é um caso.

        Espero ter ajudado e obrigado por me acompanhar!

        Responder
        • Geovane Ramos Vitale Patara e Maria Eugênia

          Excelente explicação, muito obrigada.

          Responder
  2. Adriana

    Gostaria de realizar a cirurgia pois tô com minha saúde prejudicado na coluna e pernas pelo sobre peso com estas lesão n posso fazer longas caminhadas p emagrecer, trabalho 24horas tô com 90 e tenho 1,53 .porém gostaria de saber se pode se parcelar o valor

    Responder
    • Equipe Prof. Luiz Carneiro

      Olá, Adriana. Para maiores informações, entre em contato conosco, via Whatsapp, no número (11) 96461-0228. Obrigado!

      Responder
  3. Ana lucia de souza

    Gostaria de saber se por eu ter veias arrebentadas e varizes sou uma candidata a ter embolia pulmonar?

    Responder
    • Equipe Prof. Luiz Carneiro

      Olá, Ana. Obrigado pelo comentário. Isso depende muito de cada paciente e cada caso, sendo assim, essa questão deve ser esclarecida com um médico que já possui um conhecimento sobre o seu caso, pois é muito difícil responder essa questão sem ter os seus exames em mãos.

      Responder
  4. Gabriela

    Quero muito fazer a cirurgia pois meu IMC é 35 e estou cada vez mais desmotivada o meu maior medo é de não conseguir fazer a reeducação alimentar. Sou viciada em doces e refrigerantes e odeio frutas e verduras :/

    Responder
    • Edna

      Boa tarde! Eu gostaria de fazer a bariátrica pq estou muito acima do peso . Mas alguns anos atrás eu fiz a abnoplastia mesmo assim posso fazer a bariátrica. ? Obg

      Responder
      • Equipe Prof. Luiz Carneiro

        Olá, Edna. Infelizmente não conseguirei responder essa questão de forma precisa, pois é necessário ter todos os exames em mãos e acompanhamento médico. O que eu posso recomendar é que você procure o especialista que lhe acompanhou durante todo o processo e esclareça essa questão com ele, para saber se há a possibilidade ou não da cirurgia bariátrica, além do que, há diversos requerimentos para essa indicação.

        Espero ter ajudado e obrigado por me acompanhar! Se possível, me siga no Facebook para receber meu conteúdo em primeira mão: https://www.facebook.com/profluizcarneiro/

        Responder
        • Angela Martins Ferreira

          Tenho depressão comprovada pminpeeu peso sou deprimida tenho vergonha do meu corpo e sofro com isso, choro muito,
          Pelo fato de eu ser uma paciente com diagnóstico de depressão eu sou uma paciente indicada para a Bariátrica.
          Imc 35.5
          Tenho 30 anos e a 7 anos faço tratamento com endócrino, faço por um tempo mas dps desisti pq nunca alcanço o meu objetivo. Isso me deprime mais, pq tomo remédios para emagrecer e não consigo perder o peso necessário e qdo dps volto a engordar tudo denovo.

          Eu sou uma paciente indocada á bariátrica?

          Responder
    • Larissa paula

      Tenhos problemas de veias Quebradas e muitas varizes, além disso ultimamente estou tendo muita falta de ar , dores constantes nas pernas como se elas não estiver mais aguentando meu pesso será que estou apita para fazer a cirurgia? Meu peso e 98 kilos e tenho 1.54 de altura. Tenho 23 anos

      Responder
  5. Cida

    Boa noite!
    Paciente de bariátrica podem realizar limpeza do fígado?

    Responder
    • Equipe Prof. Luiz Carneiro

      Olá, Cida. Isso varia de acordo com cada caso. O ideal é retornar ao especialista que acompanhou durante todo o processo da cirurgia e esclarecer todas as questões, pois é o profissional que possui maior conhecimento no caso.

      Espero que ajude e agradeço pelo comentário!

      Responder
  6. Claudia Rossa

    Boa noite
    Tenho 1,57 e 83 kg faço reeducação alimentar e exercícios já tive altos e baixos com peso. Sou pré diabética e tenho picos de pressão, fui a um endócrino e houve indicação de bariátrica mas tenho muito medo dos riscos. Gostaria de orientação

    Responder
    • Equipe Prof. Luiz Carneiro

      Olá, Claudia. Para orientação, apenas com os exames em mãos. Recomendo que procure uma segunda opinião e leve junto todos os exames.

      Espero que ajude e obrigado por me acompanhar!

      Responder
  7. FLAIKA FERNANDA ZANI COSTALAT

    Olá! meu nome é FLAIKA , eu retirei toda tireoide posso fazer cirurgia bariatrica?

    Responder
  8. Bruno

    Qual remédio para dor muscular posso tomar? Realizei muita atividade física e estou com muitas dores nas coxas

    Responder
    • Equipe Prof. Luiz Carneiro

      Olá, Burno. Os medicamentos variam de acordo com cada paciente e quadro clínico. Infelizmente não tenho como receitar algum remédio sem uma consulta pessoalmente.

      Espero ter ajudado e obrigado por me acompanhar! Se possível, me siga no Facebook para receber meu conteúdo em primeira mão: https://www.facebook.com/profluizcarneiro/

      Responder
  9. Rosângela

    Boa tarde. Fiz Bariátrica( by pass), já faz 5 anos. Gostaria de saber se podemos tomar anti inflamatórios ? Desde já agradeço a atenção.

    Responder
      • Mariana Lima

        Olá,

        Meu marido fez essa cirurgia há 12 anos, teve os sintomas do começo síndrome de dumping e driblou bem tudo isso. Aos 5 anos de cirurgia ele voltou pra mesa pois seus intestinos haviam criado (tipo) hérnias, ele comia e vomitava e nada para no estômago dele. Durou algum tempo e agora com 12 anos ele vem desenvolvendo sintomas parecidos. Come, tem muita dor, não consegue segurar e vomita. Fica horas comendo por causa da dor que sente. De acordo com ele os sintomas são diferentes dos sintomas de 7 anos atrás. Em certos períodos do dia, ele tem algo parecido com síndrome de dumping, tonturas, queda de pressão, mal estar. Não sei o que pode ser. Depois de tanto tempo, pq será que ele ainda passa tão mal. Já cogitamos a reversão da cirurgia. Prefiro ele gordo, do que passando mal desse jeito.

        Responder
  10. Sônia

    boa tarde, tenho 48 anos 1,60 m e peso 93 k estou me preparando para cirurgia bariátrica, após anos de frustação na tentativa de emagrecimento com resultados, mas sem manter o peso atingido estou bem orientada mas com medo de ficar muito magra com cara de doente, existe a possibilidade de diminuir menos o estomago?

    Responder
    • Equipe Prof. Luiz Carneiro

      Olá, Sônia. Infelizmente não tenho como ajudar sem ter os exames em mãos e acompanhamento médico.

      Espero ter ajudado.

      Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

11 + treze =

Base-Side-Bar-Figado
Entre em Contato | Prof. Dr. Luiz Caneiro
× Agendar Consulta.