Home » Como são feitas as cirurgias bariátricas

Profº Luiz Carneiro D'Albuquerque - CRM: 22.761

Cv Lattes   GoogleMyCitations  ResearcherID  ORCID

Última atualização em 27/07/2020 por Prof Luiz Carneiro

Como são feitas as cirurgias bariátricas

O que é

A cirurgia bariátrica é feita em pacientes que têm obesidade mórbida. São pacientes com excesso de peso. Existem índices muito adequados para que se permita a cirurgia.

Se existir associação do índice com a pressão alta, diabetes ou outras morbidades é indicada a cirurgia. A diabetes e pressão alta são as complicações mais frequentes.

Opções de cirurgia

A cirurgia bariátrica pode ser realizada por laparotomia comum, por via laparoscópica ou robótica, que são pequenos furos, com algumas vantagens, são excelentes maneiras de se operar.

Veja também: Gastrectomia – o que é e indicações. 

Tipos

Existem diversos tipos de cirurgia bariátrica: Sleeve ou tubo gástrico: retirar só uma parte do estômago.

É a cirurgia mais fisiológica, porém não pode ser usada em grandes obesidades mórbidas, porque se perde menos peso do que as cirurgias que retiram quase todo o estômago, faz uma derivação com o desvio do intestino e deixa diversos intestinos sem função para que o alimento passe mais rápido e não seja absorvido.

Existem várias maneiras de se corrigir a obesidade através de cirurgia bariátrica. Isso deve ser debatido com o seu médico para que se tenha a melhor opção de tratamento para o seu caso. Procure um bom médico e se trate com tranquilidade porque os resultados são bons.

Clique no sino do canto inferior direito para receber notificações!

2 Comentários

  1. Bia

    Prezado prof. Carneiro, sou tx figado ha 9 meses.. 37 anos, obesidade desde adolescência com inumeras tentativas frustradas.
    Mesmo apos o tx ainda posso fazer sleeve? Apos qto tempo é indicado?

    Responder
    • Equipe Prof. Luiz Carneiro

      Olá Bia. Boa tarde. Depende do caso. O correto seria retornar ao médico que lhe acompanha, já que o mesmo possui um conhecimento maior sobre o seu quadro, para que ele possa indicar as melhores formas de tratamento. Agradeço pela compreensão. Se possível me siga no Facebook para acompanhar minhas postagens: https://www.facebook.com/profluizcarneiro/

      Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

um + quinze =

Base-Side-Bar-Figado
Entre em Contato | Prof. Dr. Luiz Caneiro
× Agendar Consulta.