Logo | Dr. Luiz Carneiro CRM 22761
Home RobóticaContato

Síndrome do Intestino Irritável: quais as causas e tratamento indicado?

A Síndrome do Intestino Irritável não tem causas muito bem definidas, mas fatores como alimentação e estresse podem favorecer as crises. Por isso, devem ser adotadas medidas preventivas para evitar os sintomas.

sindrome do intestino irritavel quais as causas e tratamento indicado prof dr luiz carneiro bg Prof Dr. Luiz Carneiro

A Síndrome do Intestino Irritável (SII) é um distúrbio que se manifesta por meio de crises. Quando elas acontecem, ocorrem podem ocorrer sintomas variáveis, como dor, desconforto abdominal, prisão de ventre ou diarreia.

Diversos fatores podem desencadear essas crises, e isso afeta de forma significativa a qualidade de vida. Daí a importância de buscar o tratamento mais adequado.

Mas o que causa a SII? Ela pode ser prevenida? Existe uma cura definitiva para esse problema? Todas essas perguntas serão respondidas neste artigo. Continue lendo para saber mais.

O que causa a Síndrome do Intestino Irritável?

A Síndrome do Intestino Irritável não está relacionada a um agente patógeno específico, como vírus ou bactérias, e também não é resultado de alterações na anatomia do intestino.

Na verdade, ainda não se sabe ao certo quais são as causas da SII, por isso, é um grande desafio indicar medidas que ajudem a prevenir esse problema. Isso leva também a necessidade de fazer um tratamento individualizado.

De toda forma, o que se sabe é que existem alguns fatores que favorecem a manifestação das crises. Assim, dependendo da alimentação, por exemplo, a pessoa pode apresentar os sintomas de uma forma mais intensa.

A seguir, listamos o que pode causar irritações no intestino de quem tem SII.

Jejum prolongado

Quem tem a Síndrome do Intestino Irritável pode manifestar os sintomas desse problema após permanecer um período prolongado em jejum.

Alimentação gordurosa 

Os sintomas também podem surgir após  da a ingestão de alimentos muito gordurosos. 

Alterações psicológicas

O excesso de estresse pode provocar alterações no organismo por completo, e no caso da SII, favorece as crises. Outras alterações psicológicas podem ter o mesmo efeito, como a ansiedade e a depressão. 

Processos inflamatórios ou infecções

Um quadro de inflamação ou de infecção no organismo também pode provocar irritações no intestino, alterando a motilidade dele e causando os sintomas que nós já citamos.

Como a Síndrome do Intestino Irritável é tratada?

Além de não se conhecer as causas certas da Síndrome do Intestino Irritável, também não foi possível desenvolver um tratamento eficaz para todas as pessoas. Isso significa que o problema ainda não tem cura.

Entretanto, é possível adotar medidas para prevenir as crises para que a pessoa possa conviver com a síndrome de uma forma mais tranquila, espaçando os eventos de sintomas. Veja nos tópicos a seguir como isso é feito.

Medicamentos

Durante as crises, os medicamentos são utilizados para fazer o controle dos sintomas e reequilibrar os movimentos intestinais. Podem ser administrados antiespasmódicos para reduzir a dor e anti-inflamatórios, em alguns casos, até mesmo antidepressivos.

Para aqueles que manifestam diarreia, são receitados medicamentos que aumentam a consistência do bolo fecal e que reduzem os movimentos intestinais. Já para aqueles que manifestam a prisão de ventre, os laxativos ajudam a aumentar a motilidade do intestino, favorecendo as evacuações.

Identificação de gatilhos

Identificar aquilo que pode causar as crises é um fator muito importante para que a pessoa consiga conviver com o problema de uma forma mais tranquila. Na ocorrência de sintomas, é válido analisar aquilo que aconteceu, seja um fator psicológico ou uma refeição tomada, para saber o que irrita o intestino e evitar.

Adequações alimentares

Alguns alimentos sabidamente podem favorecer as crises de Síndrome do Intestino Irritável, por isso, eles devem ser evitados. É o caso daqueles que estimulam os gases, como batata doce, repolho, feijão e couve-flor.

Cafeína, bebidas alcoólicas e alimentos que contêm sorbitol produzem o mesmo efeito. O ideal é manter uma alimentação mais natural, rica em fibras e com baixa quantidade de gordura.

Prática de exercícios físicos

A prática regular de exercícios físicos é recomendada porque ajuda a manter o equilíbrio do organismo como um todo. Os seus benefícios envolvem tanto a parte física quanto mental e, por isso, podem auxiliar no bem-estar e na qualidade de vida.

O acompanhamento médico é indispensável nessas situações para saber como lidar da melhor forma com a Síndrome do Intestino Irritável. Assim fica mais fácil adotar medidas preventivas e também controlar os sintomas quando eles se manifestarem.

Gostou? Compartilhe!
dr Luiz Carneiro

Profº Dr.Luiz Carneiro

CRM: 22.761/SP

Diretor do Serviço de Transplante e Cirurgia do Fígado do Hospital das Clínicas, professor da FMUSP e chefe do Departamento de Gastroenterologia da FMUSP.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

magnifiercrossmenuchevron-down