Logo | Dr. Luiz Carneiro CRM 22761
Home RobóticaContato

O que são Divertículos? Qual o tratamento mais indicado?

Divertículo é uma saliência de luva, que pode se localizar em diferentes áreas do trato gastrointestinal.

No post de hoje, falaremos sobre o divertículos, o que são e qual o tratamento mais indicado. Continue acompanhando!

O que são Divertículos?

Qualquer lugar pode ter divertículos, o esôfago, o estômago, o intestino. O divertículo é uma abertura em que sai o revestimento, ao invés de sair a parede, tem um tapete que fica e o divertículo sai para fora, e pode ficar parado ali dentro, nesse saquinho, que posteriormente pode aumentar e causar problemas no esôfago, menos no estômago, no duodeno, no intestino delgado.

Como é feito o Diagnóstico dos Divertículos?

São muitos os tipos de Divertículos, tem o Divertículo de Zenker, que fica localizado no esófago, o de Mecker, no intestino e os mais conhecidos, que são os Divertículos do intestino grosso, no sigmóide e no cólon, que são doenças benignas.

Existem trabalhos e publicações que mostram que até 40% da população, depois dos 50 anos, tem esses divertículos, e que na grande maioria das vezes são assintomáticos. A pessoa não sabe que tem o Divertículo, mas acaba descobrindo através de um exame de colonoscopia ou radiografia, que mostra que tem essas hérnias ali, mas que a pessoa não sente.

Quais casos podem levar a cirurgia?

Apesar da infecção, que dá a famosa diverticulite, que é inflamação, com dor na barriga, com infecção, temos alguns critérios em que a cirurgia é indicada.

Antigamente um paciente tinha que ter 4 crises de Divertículo para poder operar, depois veio critério de uma clínica americana, chamada Clínica Mayo, que diz que poderiam ser 3 crises, hoje em dia nós sabemos que depende muito do estilo de vida da pessoa, se a pessoa teve uma infecção hoje e depois de 20 anos teve outra, não é tão importante, é diferente de ter uma, depois de 3 meses ter outra e a terceira em 8 meses. No caso de uma inflamação muito forte, pode ocorrer o fechamento do intestino, a chamada estenose, que dificulta a passagem de fezes, sendo indicado a cirurgia, assim como em casos de sangramento.

Na cirurgia, um pedacinho do intestino é retirado, se tiver perfuração e ela for localizada, e estiver só naquele pontinho e o organismo bloquear, hoje nós tratamos com antibiótico, se a infecção for difusa da cavidade abdominal tem que operar com urgência.

Sinais de alerta para Divertículo

Alguns sintomas da diverticulite são dor abdominal e febre, mas os sinais de alerta são dificuldade para evacuar, fezes em fita e fininhas, que podem indicar estenose, além do sangramento e fezes com sangue, que apesar de serem serem um indicativo de estenose, as fezes com sangue em 80% dos casos quem sangra é a hemorroida e não o divertículo, o sangue é muito alarmante, você vai no vaso, o sangramento é pequeno mas o vaso fica muito vermelho. 

Então, para saber a origem do sangramento procure um médico, se tiver diverticulite, que é febre, dor na barriga, desconforto, o médico faz um exame de imagem e confirma se lá tem um divertículo, e aí decide-se o que fazer.

Espero ter mostrado todas essas possibilidades e ter tirado algumas dúvidas de vocês. Continue nos acompanhando para mais informações.

Gostou? Compartilhe!
dr Luiz Carneiro

Profº Dr.Luiz Carneiro

CRM: 22.761/SP

Diretor do Serviço de Transplante e Cirurgia do Fígado do Hospital das Clínicas, professor da FMUSP e chefe do Departamento de Gastroenterologia da FMUSP.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

magnifiercrossmenuchevron-down