Logo | Dr. Luiz Carneiro CRM 22761
Home RobóticaContato

O que é Síndrome Metabólica relacionada ao Fígado?

Hoje iremos falar de um assunto muito atual, que está muito na moda, não é bem cirúrgico, mas é importante a ponto de fazermos alguns comentários sobre, que é sobre a Síndrome Metabólica (relacionada ao fígado).

O que é a síndrome metabólica?

Um paciente com síndrome metabólica é aquele que possui muita gordura com alteração dos exames do fígado, ALT AST, que são o TGO, TGP e Gama GT. Eles tendem a estar elevados, e o paciente tem alguns caracteres clínicos e laboratoriais que reforçam a síndrome metabólica, como os que citamos abaixo.

A pessoa acima do peso com gordura na barriga

Neste caso, o ruim é a gordura na barriga, então, o objetivo é acabar com esta gordura.

Um abdômen maior que 96 centímetros em homem e 86 centímetros em mulher, já é considerado um abdômen aumentado, portanto, temos que tentar diminuí-lo, já que é composto de gordura pura

Doente com diabetes/pré-diabetes

Aquele doente que já tem uma glicemia de aproximadamente 110, 112, com uma hemoglobina glicada maior que 5,7, já é considerado pré-diabético ou então, diabético.

Algumas outras características da síndrome metabólica, são:

  • Colesterol ou Triglicérides altos;
  • Pressão alta;
  • Hipertensão Arterial.

Porque é chamada Síndrome Metabólica

Esta gordurinha da barriga, libera proteínas inflamatórias que pelo sangue, atravessam o fígado e o detonam, destruindo ele aos poucos, e é ela que causa tudo isso. Essa proteína vem lá de dentro do intestino

Então, nós temos que perder essa gordura para que o problema possa ser resolvido, e para ter efeito metabólico, essa perda tem que ser de pelo menos 10% do seu peso atual.

Se você pesa 100 quilos, por exemplo, para começar-se o efeito metabólico pleno, tem de ser perdido pelo menos 10 quilos.

Portanto, você perdendo este peso e continuando a perder, você irá ver que o pré-diabetes desaparece, o colesterol normaliza, sua pressão irá se normalizar na grande maioria das vezes, e o seu fígado também irá ver uma melhora da Gama GT e dos TGO, TGP, ST, LT.

Todos querem ter aquela barriguinha tanquinho, mas na verdade, nós temos que perder peso do corpo inteiro, pois não é possível perder apenas da barriga.

O Exercício Físico

Como mensagem final, outra coisa que protege, além da perda de peso, é o exercício físico, que também tem um efeito protetor muito grande nesta recuperação hepática e de todos estes problemas que nós conversamos

Então, vamos emagrecer, vamos colocar a atividade física na vida,e, com isso, a sua melhora será surpreendente! 

Gostou? Compartilhe!
dr Luiz Carneiro

Profº Dr.Luiz Carneiro

CRM: 22.761/SP

Diretor do Serviço de Transplante e Cirurgia do Fígado do Hospital das Clínicas, professor da FMUSP e chefe do Departamento de Gastroenterologia da FMUSP.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

magnifiercrossmenuchevron-down