Logo | Dr. Luiz Carneiro CRM 22761
Home RobóticaContato

Coronavírus, siga as orientações!

​Falando a respeito do coronavírus, eu não sou infectologista e nem epidemiologista, sou transplantador e gastroenterologista. Por isso, vamos mostrar as consequências do coronavírus em populações imunodeprimidas.

Coronavírus x pacientes imunodeprimidos

Pacientes imunodeprimidos são aqueles que fazem quimioterapia, possuem tumores, transplantados e com doenças inflamatórias intestinais por um longo período, e eventualmente usam medicações imunossupressoras.

Essas drogas baixam a resistência e podem facilitar a ação do vírus. Portanto, esses doentes são uma população de alto risco com maior incidência de ter uma doença fatal.

Como evitar o contágio do coronavírus?

As recomendações feitas pelos médicos são:

  • Ficar em casa;
  • Sair quando for necessário;
  • Lavar a mão múltiplas vezes com sabão ou álcool em gel;
  • Usar máscara ao frequentar locais aglomerados;
  • Evitar contato com quem tem febre ou gripe.

Se você presenciar algum dos sintomas do coronavírus, seja febre ou gripe, procure imediatamente um médico. Caso você seja transplantado, procure o serviço de transplante. Caso você faça quimioterapia, procure o serviço de oncologia. Caso você seja tratado com imunobiológicos, procure o seu médico do aparelho digestivo.

“Devo remarcar o transplante?”

Outra orientação é que se você tiver uma doença grave que precisa operar ou um câncer, você deve prosseguir. A recomendação é que os pacientes que precisam ser transplantados devem ser tratados com urgência.

Em contrapartida, se sua cirurgia for eletiva com uma causa benigna, converse com o seu médico e tente remarcar.

Reforçando, fique em casa, lave a mão e isole-se das pessoas que tiveram contato com o vírus. Seguindo essas orientações nós vamos superar com ótimos resultados.

Gostou? Compartilhe!
dr Luiz Carneiro

Profº Dr.Luiz Carneiro

CRM: 22.761/SP

Diretor do Serviço de Transplante e Cirurgia do Fígado do Hospital das Clínicas, professor da FMUSP e chefe do Departamento de Gastroenterologia da FMUSP.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

magnifiercrossmenuchevron-down