Logo | Dr. Luiz Carneiro CRM 22761

Constipação intestinal: Entenda as causas e saiba como tratar

A constipação intestinal é caracterizada como a dificuldade de evacuar, devido a um bloqueio ou a não propulsão do bolo fecal na passagem das fezes. Pode ser uma doença séria e alguns casos raros necessitar de tratamento cirúrgico.

A imagem ilustra uma pessoa com a mão na barriga.
Constipação intestinal: Entenda as causas e saiba como tratar 2

Quer saber um pouco mais sobre este assunto? Então, continue acompanhando o post de hoje!

As causas da constipação intestinal

A dificuldade para evacuar ou o fato de ir ao banheiro com pouca frequência, pode se tornar um grande transtorno para qualquer pessoa.

Assim sendo, quando um indivíduo elimina as fezes apenas uma ou duas vezes na semana pode ser considerado um quadro de constipação.

Levando em consideração os fatores dietéticos, entre as causas mais comuns de intestino constipado estão: a dieta pobre em fibras e a baixa ingestão de líquido.

Alguns alimentos processados, como os carboidratos presentes em massas, pães e doces em geral, quando consumidos em excesso, também podem provocar a constipação intestinal. Outras causas que podemos destacar, são:

Estresse

Os indivíduos que passam por algum período de estresse psicológico tendem a apresentar alterações em seu hábito intestinal.

Uso excessivo de laxantes

O uso de laxantes também pode provocar quadros de intestino constipado ou até mesmo agravar a situação, pois prejudica o hábito evacuatório natural.

Vida sedentária

Praticar exercícios físicos ajuda a estimular a peristalse, isto é, a movimentação do intestino para empurrar o bolo fecal para o reto. Quando não há esse estímulo, as chances de prisão de ventre são maiores.

Não ir ao banheiro ao sentir vontade

Ao sentir vontade de ir ao banheiro, deve-se ir imediatamente! Isto porque, quando não se obedece ao estímulo evacuatório na hora certa, pode provocar a perda de sensibilidade.

Síndrome do intestino irritável

Essa é mais uma das causas de constipação intestinal, podendo se manifestar por meio de cólicas abdominais e desconforto.

Fatores de risco

Além das causas citadas, também existem os fatores de risco, como por exemplo, pessoas idosas e mulheres, que tendem a sofrer mais com esse tipo de problema.

Quais os sinais de constipação intestinal?

Um dos principais sinais de constipação é a demora para evacuar. Além disso, os indivíduos também podem sentir mal-estar, inchaço na barriga, fezes muito endurecidas e dores.

Como tratar esse problema?

O objetivo do tratamento é corrigir as causas da constipação intestinal. E conforme destacamos, a alimentação é um dos principais fatores que podem levar o indivíduo a ter prisão de ventre.

Desta forma, então, com uma leve mudança na dieta e estilo de vida, haverá uma melhora significativa do quadro.

O primeiro aspecto a ser considerado na alimentação é uma nova dieta, com uma ingestão maior de legumes, verduras e frutas ricas em fibras. Podem ser inseridos alguns alimentos que contém propriedades laxativas, como ameixa e mamão.

Também é recomendada a ingestão de bastante líquido, em torno de dois litros por dia. Por fim, a prática de atividades físicas é um fator muito importante para estimular o bom funcionamento do organismo.

Existem casos específicos que o intestino apresenta problemas mecânicos ou obstrutivos que precisam ser avaliados pela equipe médica e são causas de constipação.

Você sofre ou já sofreu de constipação intestinal? Conte-nos nos comentários como resolveu ou pretende resolver o problema.

Nos vemos no próximo post! Até lá!

Foto Links Úteis | Prof. Dr. Carneiro
Prof. Dr. Luiz Carneiro
Prof. Dr. Luiz Carneiro CRM: 22.761/SP, diretor do Serviço de Transplante e Cirurgia do Fígado do Hospital das Clínicas, professor da FMUSP e chefe do Departamento de Gastroenterologia da FMUSP.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Prof Dr. Luiz Carneiro CRM 22761
CONTATO
Atenção: O site https://profluizcarneiro.com.br/ é uma espaço de informação e orientação médica de qualidade, nunca poderá substituir a consulta de um profissional médico que é a única pessoa capaz de realizar o diagnóstico real.

© 2021 Prof. Dr. Luiz Carneiro. Todos os direitos reservados. Desenvolvido com ♥ em WordPress por SuryaMKT

magnifiercross