Logo | Dr. Luiz Carneiro CRM 22761

Apendicite: quais são os principais sintomas?

Ao fundo da imagem, há um homem com a mão direita no local do apêndice.
Apendicite: quais são os principais sintomas? 2

Com certeza você já ouviu falar em apendicite, não é mesmo? Para reforçar, apendicite é o processo inflamatório que afeta o apêndice. Na maioria dos casos, a doença é provocada por fezes (ou fecalito), vermes, tumor, gordura ou até mesmo infecções no trato gastrointestinal, causada por vírus.

Quando essa condição não é tratada com urgência, existe a possibilidade de o apêndice se romper. Por isso, é necessário ficar atento aos sintomas provocados pela doença, e ao menor sinal de apendicite, consultar o médico especialista para uma avaliação e diagnóstico preciso.

E você sabe quais são os principais sintomas de apendicite? Continue nos acompanhando para obter mais informações.

Sinais de apendicite

Assim como todas as outras patologias, é muito importante identificar os sintomas iniciais de apendicite, uma vez que esse tipo de inflamação pode evoluir de maneira rápida.

Geralmente, a evolução ocorre em 72 horas, quando o problema já entrou num estágio mais avançado e a infecção tornou-se mais grave, podendo levar a uma perfuração ou formação de bloqueio.

Entre os sintomas que indicam a presença da inflamação do órgão, estão:

  • Falta de apetite;
  • Febre;
  • Apatia;
  • Prisão de ventre ou diarreia;
  • Enjoo;
  • Barriga distendida;
  • Colapso do aparelho digestivo.

Vale lembrar que o sintoma mais comum de apendicite é a dor abdominal, que inicialmente se manifesta na região central, e posteriormente se localiza ao lado direito inferior do abdômen, causando uma sensação dolorosa de baixa intensidade, mas que pode aumentar conforme o tempo passa.

Incidência

A apendicite pode se manifestar em indivíduos de qualquer idade, porém, em quase 90% dos casos, a doença ocorre com mais frequência em pacientes entre 10 e 30 anos de idade.

Foto Links Úteis | Prof. Dr. Carneiro
Prof. Dr. Luiz Carneiro
Prof. Dr. Luiz Carneiro CRM: 22.761/SP, diretor do Serviço de Transplante e Cirurgia do Fígado do Hospital das Clínicas, professor da FMUSP e chefe do Departamento de Gastroenterologia da FMUSP.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  1. Eu sinto essa dores a muito tempo já só que era fraca deu uma primeira crise e passou não tive mas aí de novo voltou pior e tive uma outra crise pode ser apendicite

    1. Infelizmente não tenho como ajudar sem ter os exames em mãos e acompanhamento médico. O ideal seria procurar um especialista para realizar alguns exames e diagnosticar a causa dos sintomas.

Prof Dr. Luiz Carneiro CRM 22761
CONTATO
Atenção: O site https://profluizcarneiro.com.br/ é uma espaço de informação e orientação médica de qualidade, nunca poderá substituir a consulta de um profissional médico que é a única pessoa capaz de realizar o diagnóstico real.

© 2021 Prof. Dr. Luiz Carneiro. Todos os direitos reservados. Desenvolvido com ♥ em WordPress por SuryaMKT

magnifiercross