Home » Hemangiomatose hepática: causas, sintomas e tratamento


Profº Luiz Carneiro
Cv Lattes    GoogleMyCitations   ResearcherID   ORCID
CRM: 22.761
 

Atualizado em:

Hemangiomatose hepática: causas, sintomas e tratamento

Existem dois tipos de hemangiomas, o hemangioma hepático isolado e a hemangiomatose. Continue acompanhando e conheça um pouco mais sobre esse assunto.

Hemangioma hepático isolado

Esse é uma má formação vascular, ou seja, uma anormalidade que se forma dentro do fígado. Na maioria das vezes é uma lesão benigna com diversos tamanhos, podendo ter 1 mm, 5 mm ou 1 cm, e chegar até a 15 e 20 cm. E normalmente precisa apenas de acompanhamento.

Hemangiomatose

Já a hemangiomatose são múltiplos hemangiomas que podem crescer e causar muito desconforto. Nesses casos, existem várias propostas de ressecções cirúrgicas, mas hoje cada dia operaram menos essas lesões.

No geral, o fígado mede 2% do peso da pessoa, mas existem casos que o fígado tem de 7 a 9 kg, sendo melhor a indicação de transplante para amenizar os sintomas e tratar essa doença.

Diagnóstico e tratamento

Como dissemos acima, hemangioma é uma doença benigna 99,99% das vezes e não precisa operar. No caso da hemangiomatose, vai depender dos sintomas clínicos que acompanham esse aumento do fígado. Se ele for pequeno e não tiver sintomas, apenas devemos manter acompanhamento com o especialista.

O ideal e mais importante é fazer um exame de diagnóstico bem feito para diferenciar as lesões benignas das malignas. Isso porque existe uma entidade que chama hemangiossarcoma que é muito rara, mas tem um aspecto radiológico na ressonância ou tomografia que é bem sugestivo.

Após fazer o diagnóstico definitivo, através dos exames de imagens, é possível definir com seu médico especialista qual a melhor conduta para você. De qualquer forma, na maior parte das vezes a conduta é de observação.

Clique no sino do canto inferior esquerdo para receber notificações!

         por Dr. Luiz Carneiro D'Alburquerque

CRM 22.761    

 

 

 

 

 

 

      por Dr. Luiz Carneiro

D'Albuquerque

CRM 22.761    

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Prof. Dr. Luiz Carneiro

Diretor da Divisão de Transplantes de Fígado e Orgãos do Aparelho Digestivo do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP

TIRE SUAS DÚVIDAS

Share This
× Agendar Consulta.