Logo | Dr. Luiz Carneiro CRM 22761
Home RobóticaContato

Estou com suspeita de Pancreatite. O que devo fazer?

Responsável pela produção de enzimas que atuam no processo digestivo e por hormônios como a insulina, que agem no controle de glicose no sangue, o pâncreas é um órgão que pode ser acometido por uma doença chamada pancreatite.  

estou com suspeita de pancreatite o que devo fazer prof dr luiz carneiro bg Prof Dr. Luiz Carneiro

Se você tem dúvidas sobre os sintomas que podem indicar pancreatite, acompanhe o post de hoje!

Os tipos de pancreatite e suas causas 

Conforme dissemos, a pancreatite é uma inflamação que se manifesta no pâncreas e pode ser classificada de dois modos: aguda e crônica. No caso da condição aguda, o atendimento ao paciente deve ser imediato. 

Com relação à crônica, o órgão sofre alterações com as quais o indivíduo convive a mais tempo. Ela exige acompanhamento médico regular. A seguir, vamos explicar um pouco de cada uma delas.

Pancreatite aguda

Esse tipo de pancreatite costuma se manifestar de maneira repentina. As principais causas são cálculos na vesícula biliar ou consumo de bebidas alcoólicas em excesso. 

Os cálculos da vesícula biliar migram para as vias biliares e obstruem o fluxo das secreções pancreáticas. A secreção pancreática acumulada gera inflamação do pâncreas. 

Além dessas causas, podemos destacar ainda: infecções, medicamentos, presença de tumor, alteração na anatomia do órgão e traumas no abdômen.  

É considerada grave e pode até mesmo levar à complicações, algumas delas com risco de óbito. 

Pancreatite crônica

No caso da pancreatite crônica, ela não ocorre de repente como a anterior. O indivíduo sofre e convive com as alterações na anatomia do pâncreas. Porém, a causa mais comum também está associada com o consumo de bebida alcoólica em excesso.

Assim sendo, é formado um tecido fibroso e o mesmo endurece atrofiando o pâncreas. Além de dilatar o ducto pancreático devido ao acúmulo de cálculos. É um tipo de pancreatite que pode ser estabilizado.

Quais os sintomas da pancreatite?

Em sua condição aguda, a dor é o principal sintoma de alerta para pancreatite. Em geral, ela se inicia de maneira intensa e ocorre na porção superior do abdômen, sendo irradiada para as costas e formando uma faixa bastante dolorosa. Outro sinal associado a migração de cálculos e obstrução por eles é conhecido como icterícia, ou seja, a pele e os olhos amarelados.  

Quando crônica, além de dor abdominal intensa, o indivíduo pode ter diarreia e até diabetes, devido ao mau funcionamento do pâncreas.

O que fazer ao notar algum desses sintomas?

É necessário consultar o médico para a realização de exame clínico e levantamento do histórico do paciente, principalmente com relação ao uso de bebida alcoólica, pois serão dados importantes para o diagnóstico.

Além disso, para a confirmação da doença, podem ser realizados exames de sangue, ultrassom do abdômen e tomografia de abdome. Somente após os resultados, será indicado o melhor tratamento. 

Possui outras dúvidas sobre o assunto? Deixe um comentário para que possamos esclarecer!

Gostou? Compartilhe!
dr Luiz Carneiro

Profº Dr.Luiz Carneiro

CRM: 22.761/SP

Diretor do Serviço de Transplante e Cirurgia do Fígado do Hospital das Clínicas, professor da FMUSP e chefe do Departamento de Gastroenterologia da FMUSP.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

magnifiercrossmenuchevron-down