Logo | Dr. Luiz Carneiro CRM 22761

Esplenectomia: Entenda como funciona a cirurgia de retirada do baço

O que é esplenectomia?

O baço é um órgão que está localizado na parte superior esquerda do abdômen e que é muito importante para filtrar o sangue e remover os glóbulos vermelhos lesionados, assim como produzir e armazenar células brancas para o sistema imune. A cirurgia de retirada total ou de uma parte deste órgão é chamada de esplenectomia.

A imagem mostra uma ilustração digital do baço.
Esplenectomia: Entenda como funciona a cirurgia de retirada do baço 2

Elaboramos o post de hoje para explicar como funciona esse procedimento cirúrgico. Continue nos acompanhando!

Quando é indicada a esplenectomia?

Antes de falarmos sobre o procedimento, vamos destacar a indicação dessa cirurgia. Geralmente, a retirada do baço é indicada quando ocorre uma ruptura no órgão, por conta de um trauma abdominal.

Mas, também existem outros fatores que são levados em consideração. Assim sendo, a esplenectomia também é indicada em casos de:

  • Abcesso esplênico;
  • Anemia falciforme;
  • Câncer no baço;
  • Anemia hemolítica congênita;
  • Estadiamento de linfoma de Hodgkin;
  • Esferocitose;
  • Púrpura trombocitopênica idiopática;
  • Leucemia.

Cuidados pré-operatórios

Antes da cirurgia de esplenectomia, o médico solicita ao paciente a realização de alguns exames pré-operatórios, como ultrassom ou tomografia e exames de sangue para avaliar o estado geral de saúde, bem como a presença de alterações.

Como é feita a esplenectomia?

O método cirúrgico escolhido para a remoção do baço, muitas vezes, depende do tamanho do órgão. Porém, na maioria dos casos, é realizada a videolaparascopia.

Durante o procedimento, o médico cirurgião realiza três pequenas incisões no abdômen do paciente. Em seguida, são inseridos instrumentos com uma câmera de vídeo para a visualização do órgão e instrumentos para a remoção do mesmo.

Essa é uma técnica cirúrgica menos invasiva, ou seja, causa menos dores e a cicatriz também é menor. Além disso, a recuperação e retorno às atividades diárias tendem a ser mais rápidos.

A cirurgia dura em média 2 horas e o paciente deve permanecer internado de um a três dias.

Vale lembrar que em alguns casos, como o de ruptura do baço, cirurgia de urgência deve ser realizada a cirurgia o quanto antes.

E o pós-operatório?

Após a remoção do baço, a capacidade do corpo para combater infecções diminui, sendo necessário o paciente se proteger com vacinas especificas, como Pneumococcus, meningococos e Haemophilus influenzae.

Também é muito importante que o indivíduo mantenha uma alimentação saudável, evitando açúcar e gordura. Deve-se praticar exercícios físicos regularmente, não se expor às mudanças de temperatura para evitar resfriado ou gripe e não se automedicar.

A vida sem o baço: é possível?

Uma pessoa sem o baço pode ter uma vida normal, porém, conforme dissemos, corre riscos de adoecer ou contrair infecções com facilidade. Então, é fundamental seguir todas as recomendações médicas do pós-operatório para evitar complicações.

O conteúdo foi esclarecedor? Ficou com alguma dúvida? Deixe um comentário para que possamos te ajudar. Compartilhe com seus amigos e até o próximo post!

Foto Links Úteis | Prof. Dr. Carneiro
Prof. Dr. Luiz Carneiro
Prof. Dr. Luiz Carneiro CRM: 22.761/SP, diretor do Serviço de Transplante e Cirurgia do Fígado do Hospital das Clínicas, professor da FMUSP e chefe do Departamento de Gastroenterologia da FMUSP.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Prof Dr. Luiz Carneiro CRM 22761
CONTATO
Atenção: O site https://profluizcarneiro.com.br/ é uma espaço de informação e orientação médica de qualidade, nunca poderá substituir a consulta de um profissional médico que é a única pessoa capaz de realizar o diagnóstico real.

© 2021 Prof. Dr. Luiz Carneiro. Todos os direitos reservados. Desenvolvido com ♥ em WordPress por SuryaMKT

magnifiercross