Logo | Dr. Luiz Carneiro CRM 22761

Esofagectomia: como é feita e pós-operatório

O que é Esofagectomia?

A esofagectomia é a retirada do esôfago, que é o órgão que comunica a boca com o estômago, que fica localizado na cavidade torácica, no peito.

Existem algumas doenças que necessitam a retirada do esôfago, como:

  • Câncer;
  • Doença de chagas em estágio avançado;
  • Doenças imunológicas.

Essas doenças podem levar a perda da função de contração do esôfago, o que faz com que ele empurre a comida para baixo. E a perda dessa contração também pode ser a causa para a necessidade de uma esofagectomia.

O que acontece Após a Esofagectomia?

Quando o esôfago é retirado, ele precisa ser substituído por alguma coisa que faça a sua função, que leve a comida da boca até o estômago.

Normalmente, isso é feito através de um tubo, e esse tubo é feito a partir do próprio estômago. Essa é uma técnica cirúrgica bem complicada, porém a mais utilizada.

O estômago é dividido em duas partes, onde uma sobe até a região cervical.

Quando é uma perfuração do esôfago com infecção, em um quadro agudo e que tem um abscesso, o que nós podemos fazer é uma esofagostomia, que é uma abertura do esôfago na região do pescoço, e drenar a cavidade abdominal do tórax, onde tem inflamação, e dar antibiótico.

Após a esofagostomia é feita uma gastrostomia, que é a abertura do estômago para a pele, assim como a esofagostomia é uma abertura do esôfago para a pele, e então nós alimentamos o doente por essa gastrostomia.

Tipos de Cirurgia

Em geral, hoje em dia, essas cirurgias do esôfago são feitas por videolaparoscopia ou por robótica.

A cirurgia robótica do esôfago é muito eficaz e amplia muitas possibilidades cirúrgicas.

É realizada a ressecção do esôfago e na grande maioria das vezes é levado o estômago que é partido, e deixado uma parte para fazer a comunicação com o próprio estômago, e esse estômago então é interposto no pescoço.

Essa técnica é usada com muito sucesso, fazendo com que o paciente tenha uma vida normal ou praticamente normal, tendo a função alimentar muito tranquila e muito boa.

Hoje a cirurgia robótica para o esôfago tem ganhado grande espaço entre os cirurgiões que tem treinamento para tal. Porém, em centros que não tenha a cirurgia robótica, a cirurgia videolaparoscópica também é um acesso muito bom para resolver esse problema.

Foto Links Úteis | Prof. Dr. Carneiro
Prof. Dr. Luiz Carneiro
Prof. Dr. Luiz Carneiro CRM: 22.761/SP, diretor do Serviço de Transplante e Cirurgia do Fígado do Hospital das Clínicas, professor da FMUSP e chefe do Departamento de Gastroenterologia da FMUSP.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Prof Dr. Luiz Carneiro CRM 22761
CONTATO
Atenção: O site https://profluizcarneiro.com.br/ é uma espaço de informação e orientação médica de qualidade, nunca poderá substituir a consulta de um profissional médico que é a única pessoa capaz de realizar o diagnóstico real.

© 2021 Prof. Dr. Luiz Carneiro. Todos os direitos reservados. Desenvolvido com ♥ em WordPress por Surya Marketing Médico.

magnifiercross