Home » É possível criar um banco de fígado para transplante?

Profº Luiz Carneiro D'Albuquerque - CRM: 22.761

Cv Lattes   GoogleMyCitations  ResearcherID  ORCID

Última atualização em 27/07/2020 por Prof Luiz Carneiro

É possível criar um banco de fígado para transplante?

Prof. Dr. Luiz carneiro recebe Dr. Salim Médico de Família e responde a seguinte pergunta:

– Existe a possibilidade de ter um Banco de Fígado assim como o Banco de Medula Óssea?

– Existe sim essa possibilidade, alguns países fazem um Banco de Doadores. No Canadá, a pessoa procura um hospital que é público e tem uma legislação muito rígida. O interessado em doar o fígado para o transplante de doador vivo notifica o seu desejo. Mas a decisão de quem vai ser beneficiado e quando será utilizado, é esta instituição governamental que irá definir. A rigidez é para evitar algum desvio, o tráfico de órgãos.

No Canadá, a questão é muito bem regulada ao contrário do Brasil que, por falta de legislação, não possui um Banco de Fígado. Aqui não há possibilidade de fazer essa doação para uma instituição. Isso tem que ser feito caso a caso.

Se você tem um amigo, um conhecido que possa doar, é possível mas tem que ter uma autorização judicial.

Se você tem uma parente de primeiro ou segundo grau, pode fazer a doação para o transplante de gado com doador vivo (veja essa matéria), desde que seja submetido à uma Comissão de Ética dos Hospitais e às triagens psicológicas, obrigatórias por lei.

Infelizmente, o fígado tem que ser retirado e usado em algumas horas. Assim, não é possível fazer o Banco do Fígado, mas sim, o Banco de doadores de fígado.

Agradecimentos do Prof. Dr. Luiz Carneiro ao Dr. Salim Médico de Família, por ter a oportunidade de participar desse blog.

Informações sobre fila de transplante clique aqui no link do site da Secretária da Saúde do Estado de São Paulo.

Base-Side-Bar-Figado
Entre em Contato | Prof. Dr. Luiz Caneiro
× Agendar Consulta.