Logo | Dr. Luiz Carneiro CRM 22761

Tumor de Klatskin: sintomas e tratamento

O que é tumor de Klatskin

O tumor de Klatskin é um tumor maligno das vias biliares na bifurcação entre os canais biliares do fígado nessa região.

Existem outros tumores que podem ser de canal biliar ou intra hepático, são carcinomas das vias biliares, mas não são chamados de tumor de Klatskin.

Esse é um tumor específico para a região da bifurcação entre o canal direito e esquerdo do fígado. Ele pode acometer essa região pegando o duto principal que é o hepático, mais à direita ou mais à esquerda.

Tratamento do tumor de Klatskin

Esse é um tumor que sempre que for possível a indicação é cirúrgica e deve ser ressecado. Existe agora uma norma mundial para que os tumores desta região menores que 3 cm sejam submetidos ao transplante de fígado.

Essa legislação já é válida no Brasil, mas está sendo regulamentada. Então, alguns grupos autorizados a realizar a cirurgia poderão nesses casos de tumor até 3 cm realizar o transplante e parece que os resultados são animadores dentro da gravidade do quadro.

Se tiver maior que 3 cm ou já tiver algum comprometimento fora do fígado, esses pacientes podem fazer a quimioterapia e radioterapia. Nos tumores dessa região do tumor de Klatskin a indicação é se for até 3 cm pode ser o transplante, se for em uma região maior que isso pode realizar a resseções de fígado.

Não sendo possível a resseção que é a primeira escolha, a hepatectomia com o envolvimento do canal retirando-se totalmente o tumor, aí pode realizar protocolos de quimioterapia. Existem até alguns protocolos de radioterapia associados, mas basicamente, a indicação sempre que possível é de realizar a retirada por via cirúrgica desse tumor.

Foto Links Úteis | Prof. Dr. Carneiro
Prof. Dr. Luiz Carneiro
Prof. Dr. Luiz Carneiro CRM: 22.761/SP, diretor do Serviço de Transplante e Cirurgia do Fígado do Hospital das Clínicas, professor da FMUSP e chefe do Departamento de Gastroenterologia da FMUSP.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    1. Olá, Sônia. Tosse com sangue (hemoptise) existe, e pode ser sinal de algo sério. No entanto, isso varia de caso para caso. O ideal é sempre procurar ajuda médica pessoalmente e esclarecer essa questão.

      Espero ter ajudado. Se possível, me siga no Facebook para receber meu conteúdo em primeiras mãos: https://www.facebook.com/profluizcarneiro/

Prof Dr. Luiz Carneiro CRM 22761
CONTATO
Atenção: O site https://profluizcarneiro.com.br/ é uma espaço de informação e orientação médica de qualidade, nunca poderá substituir a consulta de um profissional médico que é a única pessoa capaz de realizar o diagnóstico real.

© 2021 Prof. Dr. Luiz Carneiro. Todos os direitos reservados. Desenvolvido com ♥ em WordPress por SuryaMKT

magnifiercross