Logo | Dr. Luiz Carneiro CRM 22761
Home RobóticaContato

Quais são as opções de tratamento para Insuficiência Hepática?

A insuficiência hepática é uma perda de função do fígado de modo agudo ou crônico. Descubra quais são as formas de tratamento para esta doença. 

https://www.youtube.com/watch?v=xRm32waxawM

Tipos de Insuficiência Hepática (H2)

Nós temos alguns tipos de insuficiência hepática, tais como:

- Hepatite Fulminante;

- Hepatite Aguda;

- Hepatite nas formas subagudas e crônicas.

Hoje iremos falar sobre a hepatite fulminante, uma hepatite aguda que acontece e caso não tenha tratamento de suporte, os pacientes têm uma evolução muito rápida para a morte.

Hepatites Fulminantes de Gravidade Variável

Estas são formas leves, que com suporte e assistência adequada, dão proteção para o fígado.

Hepatites Fulminantes Intermediárias

Estas necessitam de um tratamento mais longo, como a hemodiálise e medidas de suporte, da qual o doente fica entubado, mas consegue sair.

Hepatites Fulminantes Graves

Existem também formas muito graves, em que o paciente tem uma destruição total do fígado, e nestes casos, nós temos que fazer o transplante.

Importância da Doação de Fígado

Muitas vezes, é apenas questão de tempo para que algo grave ocorra, e por isso, enfatizamos a necessidade da doação, pois a perda do fígado leva os pacientes à um edema cerebral, e os doentes acabam morrendo mais por conta do edema cerebral do que uma pessoa de 15/16 anos com problema no fígado, da qual poderia ser recuperada se tivesse um fígado prontamente disponível para doação.

Outro aspecto, é que existem algumas formas de drogas usadas inadequadamente, que nós não aprendemos a manusear clinicamente, esse ensinamento vem de países onde isto é mais frequente, na Europa, e que com medidas clínicas, conseguimos tirar o número crescente de pacientes de formas que antigamente a gente transplantava.

Origem da Doença

Os quadros da Insuficiência Hepática são quadros dramáticos e muito aflitivos, em sua maioria. Existem outros doentes que têm hepatite subaguda, de várias etiologias, como:

- Infecção por Vírus desconhecidos;

- Outro tipo de Hepatite;

- Uso continuável de algum medicamento.

Este último podendo levar à formas crônicas, onde o doente é hospitalizado, e dependendo da forma de evolução, pode se recuperar ou eventualmente, necessitar de formas mais radicais de tratamento.

No geral, existem bastante formas de tratamento, desde o transplante, até o suporte clínico, mas a gente recomenda que se vá para uma UTI, pois o suporte ao doente clínico nesta população é fundamental.

Vemos que a cura anda muito ao lado da doação, então, enfatizo, se você puder, converse com sua família e diga se você gostaria de doar ou não, pois na hora de um advento negativo, os órgãos serão retirados por lei apenas quando alguém da família autorizar

Portanto , não podemos esquecer disso, nós podemos poupar muita vida se tivermos estas pessoas encaminhadas para uma unidade de referência em tratamento de insuficiência hepática, e também, se fizermos a opção de doar um fígado e manifestar isso para a família, pois quando ocorrer um advento negativo na mesma com algum parente nosso, alguém já doou um fígado pois manifestou a vontade.

Gostou? Compartilhe!
dr Luiz Carneiro

Profº Dr.Luiz Carneiro

CRM: 22.761/SP

Diretor do Serviço de Transplante e Cirurgia do Fígado do Hospital das Clínicas, professor da FMUSP e chefe do Departamento de Gastroenterologia da FMUSP.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

magnifiercrossmenuchevron-down