Hérnia de hiato: o que é, sintomas e tratamento

A hérnia de hiato esofágico é caracterizada pelo deslocamento ou invasão de uma parte do estômago para a cavidade torácica por meio do orifício (hiato) onde o esôfago atravessa o musculo diafragma do abdômen para o tórax.

No esôfago, existe um músculo chamado músculo do esfíncter esofágico inferior, que se abre para permitir que os alimentos cheguem até o estômago, e se fecha para impedir que os alimentos ácidos do estômago subam para o esôfago.

Quando ocorrem alterações nesse processo, podem surgir problemas como a queimação (azia) e refluxo gastroesofágico. Continue lendo para saber mais informações sobre hérnia de hiato e de que maneira é feito o tratamento.

 

Principais sintomas da hérnia de hiato

Muitos casos de hérnia de hiato são assintomáticos, ou seja, não apresentam nenhum tipo de sintoma. Mas, conforme ganha tamanho, a hérnia de hiato começa a apresentar alguns sinais. Por exemplo, o indivíduo passa a sentir dificuldade para engolir os alimentos e muita dor no peito, que muitas vezes pode ser confundida com um infarto.               

Outros sintomas como a eructação, tosse frequente, azia, dor ou desconforto no estômago também podem surgir devido à doença, cuja incidência é maior em pessoas a partir dos 50 anos de idade, obesas e mulheres que já tiveram mais de uma gestação.

 

Hérnia de hiato: diagnóstico

Geralmente, o diagnóstico da hérnia de hiato tem início com a avaliação do histórico clínico detalhado do paciente, e também por meio de exames físicos, seguido por exames de imagem como radiografia do tórax e radiografia de deglutição de bário, tomografia computadorizada; e também pode ser pela endoscopia digestiva alta.

Na radiografia (ou tomografia) torácica, os médicos conseguem analisar muito bem a hérnia de hiato. Caso existam dificuldades para visualizar, o paciente precisará ingerir um líquido contendo bário, antes de fazer o exame. O bário (ou iodo) para realização de exame contrastado, a qual a substância ajuda a visualizar o esôfago e facilita a visualização das anormalidades pelos médicos.

 

Como funciona o tratamento

O objetivo do tratamento de hérnia de hiato é aliviar os sintomas e prevenir as possíveis complicações. Podem ser prescritos medicamentos para reduzir os sintomas da azia e neutralizar a acidez estomacal.

Em alguns casos, os médicos acabam indicando o procedimento cirúrgico, mas geralmente ele é reservado apenas para situações em que os sintomas são intensos, ou quando a hérnia se encontra em um tamanho grande, com risco de comprimir as estruturas do tórax, e também para pessoas que não tiveram sucesso no tratamento com medicamentos.

Veja também: CIRURGIA DE REFLUXO GASTRO ESOFÁGICO E HÉRNIA DE HIATO.

Independente do tipo de tratamento recomendado é importante evitar alimentos gordurosos, fazer refeições menores e mais leves, diminuir o tabagismo e não consumir bebidas alcoólicas ou gaseificadas, e para dormir, sempre utilizar travesseiros mais altos.

Clique no sino do canto inferior direito para receber notificações!

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Prof. Dr. Luiz Carneiro

Diretor da Divisão de Transplantes de Fígado e Orgãos do Aparelho Digestivo do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP

TIRE SUAS DÚVIDAS

agsdi-whatsapp
Share This